Topo

Esporte

Na Li vence Schiavone em Roland Garros e se torna 1ª chinesa campeã em Grand Slam

AP Photo/Lionel Cironneau
Chinesa venceu a campeã de 2010 por 2 sets a 0, em pouco menos de duas horas Imagem: AP Photo/Lionel Cironneau

Do UOL Esporte

Em São Paulo

04/06/2011 12h03

Na Li entrou definitivamente para a história do tênis chinês neste sábado ao vencer a atual campeã Francesca Schiavone por 2 sets a 0 em parciais de 6-4 e 7-6 (7-0). Com o resultado, a tenista conquistou o título de Roland Garros e se tornou a primeira chinesa a vencer um torneio individual de Grand Slam na história.

A final deste ano foi a mais velha de um torneio feminino de Grand Slam desde 1998, quando Jana Novotna superou Nathalie Tauziat em Wimbledon. Na Li, com 29 anos, e Francesa Schiavone, prestes a completar 31 anos, somam 60 anos de idade. No duelo de "coroas", levou a melhor a chinesa, em pouco menos de duas horas de partida.

VEJA IMAGENS DO TÍTULO DE NA LI
Veja Álbum de fotos

"Eu parabenizo Francesca Schiavone e desejo o melhor para ela no resto da temporada. Eu estava na frente por 4 a 2 no segundo set e ela conseguiu retornar à partida", afirmou a chinesa, em referência à tentativa de reação da adversária. "Porém, eu tinha que me recuperar e foi o que fiz. Estava nervosa, mas não queria demonstrar. Espero que todos na China estejam muito emocionados".

Apesar de duas veteranas, Na Li e Schiavone mostraram que ainda podem render dentro de quadra. Ambas venceram rivais mais jovens para garantir a vaga na final: enquanto a italiana venceu Marion Bártoli, de 26 anos, a chinesa superou a ex-número 1 do mundo Maria Sharapova, de 24 anos.

No primeiro set da decisão de Roland Garros, a diferença foi a agressividade de Na Li. A tenista, que nunca venceu um torneio Grand Slam, teve 15 pontos vencedores contra apenas três da adversária.

CHINESA COMENTA O JOGO

Quando fomos ao tiebreak, disse a mim mesma que era minha chance. Quando fiz 6-0 no tiebreak, pensei apenas em não fazer coisas estúpidas

Na Li, sobre os últimos momentos da final

A postura ofensiva da chinesa fez diferença no quinto game, quando a tenista aproveitou um dos três break points que teve na parcial para alcançar a vantagem necessária para fechar o set em 6-4.

O ritmo da partida continuou a favor de Na Li na segunda etapa. Logo no primeiro game a chinesa conseguiu uma quebra no serviço da atual campeã de Roland Garros, mas Schiavone se recuperou e igualou a partida no 7º game, dando a impressão de que emplacaria uma reação no jogo.

No tie-break, entretanto, Na Li retomou o bom momento e a agressividade do primeiro set e venceu por 7 a 0, abrindo caminho para o primeiro Grand Slam para o tênis da China.

NA SEGUNDA-FEIRA, OUTRO MARCO HISTÓRICO

Chinesa assume quarta posição da WTA

Há quatro meses, Na Li foi a primeira chinesa a chegar em uma final de Grand Slam, no Aberto da Austrália. Neste sábado, a tenista foi a primeira a vencer um Grand Slam. Na próxima segunda-feira, a campeã de Roland Garros assumirá a quarta posição do ranking mundial, igualando o feito da japonesa Kimiko Date-Krumm.

 

Mais Esporte