Topo

Esporte


Bellucci derrota português em Genebra e fatura quarto título da carreira

Do UOL, em São Paulo

23/05/2015 12h02

Depois de quase três anos, Thomaz Bellucci voltou a sentir o gostinho de levantar uma taça de torneio ATP. Neste sábado, o brasileiro derrotou o português João Sousa (50º colocado do ranking mundial) por 2 sets a 0 (7-6 [7-4] e 6-4), em partida de 1h33 de duração, e ficou com o título do ATP 250 de Genebra (SUI). É a sua quarta conquista em competições do primeiro escalão do circuito mundial.

O último título do tenista paulista havia sido em 22 de julho de 2012, quando faturou a taça do ATP 250 de Gstaad, também na Suíça. Aliás, jogar no país europeu fez muito bem ao brasileiro. Em 2009, na mesma Gstaad havia ganhado o primeiro troféu da carreira. A sua outra conquista foi no ATP 250 de Santiago (CHI), em 2010. Todas elas ocorreram no saibro.

A bela campanha em Genebra fará com que Bellucci suba para 39ª posição do ranking mundial, com 1.028 pontos, na lista a ser divulgada pela ATP neste domingo. Desde 20 de maio de 2013, o brasileiro não conseguia alcançar o top 40.

"Quero agradecer a todos que fizeram este torneio possível e ao público que esteve aqui pelo apoio dado. Tenho de agradecer também ao meu time. Joguei muito bem aqui durante toda a semana. Espero voltar no ano que vem", disse durante a cerimônia de premiação.

Embalado pelo título e a escalada no ranking, Bellucci já segue para Paris para a disputa do Grand Slam de Roland Garros. Em sua estreia na competição, ele enfrentará o australiano Marinko Matosevic. A partida ocorrerá na segunda ou na terça-feira.

Em duplas, ele fará dupla coincidentemente com Sousa, adversário em Genebra. O sorteio das chaves ainda não foi realizado.

Idas e vindas, vacilos e vitória no tie-break

Disputando sua primeira final desde outubro de 2012, quando foi derrotado por Andreas Seppi em Moscou (RUS), Bellucci começou bem e conseguiu quebrar o serviço de Sousa logo no primeiro game. Com isso, se manteve na frente no placar até o sexto game. Quando sacava em 3 a 2, permitiu que o rival devolvesse o break e empatasse em 3 a 3.

No oitavo game, Bellucci voltou a quebrar o adversário. Fez 5 a 3 e se aproximou de fechar a parcial quando teve três set points no nono game. Porém, o brasileiro sofreu um apagão e conseguiu perder dez pontos consecutivos. Com isso, o português virou para 6 a 5. Na sequência, Bellucci confirmou seu saque e a decisão foi para o tie-break, comprovando o equilíbrio do jogo.

Na hora da decisão, o brasileiro conseguiu superar um início ruim e sair de uma desvantagem de 3 a 0 para fazer 7 a 4.

Recuperação e celebração após bola duvidosa

O início do segundo set não foi bom para Bellucci, que acabou quebrado logo na primeira vez que foi ao saque e depois permitiu ao português fazer 2 a 0.

Sem se incomodar com a vantagem do adversário, o brasileiro seguiu firme na partida e conseguiu o empate no oitavo game, o que lhe deu muita moral e abalou Sousa.

Bellucci fez 5 a 4 na sequência e confirmou a vitória quebrando o saque do adversário pela quarta vez em uma bola duvidosa. Sousa acertou um golpe muito próximo à linha, mas ela acabou indo mesmo para fora. Após o árbitro confirmar o ponto, o brasileiro vibrou bastante e foi aplaudido pelo público.

Mais Esporte