Topo

Esporte


Novak Djokovic volta a vencer Nadal e vai à decisão do ATP Finals

Do UOL, em São Paulo

21/11/2015 13h35

Rafael Nadal fez uma primeira fase brilhante, passou em primeiro lugar e foi à semifinal cheio de expectativa, mas de novo parou em Novak Djokovic. Com 2 sets a 0 (6/3 e 6/3), o sérvio não tomou conhecimento do rival e avançou para a decisão do ATP Finals, onde enfrentará o vencedor de Stan Wawrinka e Roger Federer, que fazem a outra semi ainda neste sábado.

A vitória de Djokovic é um respiro para o melhor do mundo, que decepcionou na primeira fase com derrota para Roger Federer e uma vitória sem brilho diante de Thomas Berdych. Se Federer avançar à decisão, o sérvio terá a chance de uma revanche tensa, já que os dois se desentenderam e trocaram farpas após a partida.

Por outro lado, a derrota na semifinal interrompe uma boa sequência de Rafael Nadal, que cresceu no segundo semestre com menos lesões e chegou a sonhar com um bom resultado no último torneio do ano. Em quadra, porém, o espanhol nunca foi páreo para Djokovic.

Dominante nos dois sets, Djokovic foi perfeito em seu serviço, com índice de acerto do primeiro saque beirando os 90%. Nadal, apesar do esforço, não conseguiu sequer se aproximar de um break point durante toda a partida, enquanto o sérvio conseguiu três quebras e fechou o jogo com alguma facilidade.

A vitória faz Djokovic igualar Nadal no confronto direto entre eles. Agora, cada um tem 23 vitórias em um dos confrontos mais recorrentes do tênis atual. 
 

Mais Esporte