Esporte

Algoz de Serena já recebeu ameaças de apostadores e tem lenda como tutora

Filip Singer/EPA/EFE
Imagem: Filip Singer/EPA/EFE

Do UOL, em São Paulo

01/02/2016 19h46

No último sábado, Angelique Kerber surpreendeu ao derrotar Serena Williams e ficar com o título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam de sua vida. Nesta segunda-feira, ela apareceu como segunda colocada do ranking mundial.

Aos 28 anos, a alemã se colocou entre as grandes do tênis ao obter o maior título de sua carreira. Uma carreira na qual já sofreu ameaças de morte, recebeu e ainda recebe conselhos de uma lenda alemã e é embaixadora de uma grande marca do segmento automotivo.

Alemã já recebeu ameaças de morte de apostadores

Mike Hewitt/Getty Images
Imagem: Mike Hewitt/Getty Images

Em 2013, durante o Grand Slam de Wimbledon, Kerber vencia sua partida contra Kaia Kanepi por 1 a 0 e 5 a 1 no tie-break do segundo set. Porém, acabou levando a virada e foi eliminada. Isso apenas um ano após ter alcançado a semifinal na Inglaterra.
 
Foi o suficiente para sua página no Facebook lotar de comentários ofensivos. Um homem que tinha a suástica como foto do perfil ameaçou a jogadora de morte. Outro usuário queria que ela fraturasse as mãos.
 
"Vaca gorda, queime no inferno. Quero que você quebre as mãos", dizia um dos comentários.
 
Na entrevista coletiva pós-jogo, Kerber não quis comentar o assunto e a WTA (Associação de Tenistas Profissionais) afirmou que investigaria o caso. Porém, nunca nenhum relatório oficial foi emitido sobre o caso. Nada tampouco foi comprovado sobre uma possível manipulação de resultados.

Maior tenista alemã da história é 'mentora' de campeã

Kevork Djansezian/Getty Images
Imagem: Kevork Djansezian/Getty Images

Steffi Graf, esposa de Andre Agassi e dona de 22 títulos de Grand Slams, sempre foi apontada como sua grande referência e inspiração quando era criança e estava começando a dar as suas primeiras raquetadas.

Com o tempo, as duas começaram a desenvolver uma relação mais próxima. No ano passado, Kerber, inclusive, treinou por algumas semanas nos Estados Unidos com Graf antes e depois das disputas dos WTAs de Indian Wells e Miami. 

"Ela (Graf) deu algumas dicas. É sempre bom estar perto de uma campeã. Treinar com Steffi é sempre excelente, pois ela é intensa. Este período ajudou muito na parte mental de Angelique", disse à época o treinador  Torben Beltz.

Antes da final com Serena, Kerber trocou diversas mensagens com Graf. E ao bater a americana a impediu de igualar o recorde de 22 taças em Majors da lenda alemã.

Embaixadora da Porsche e dona de academia

Reprodução
Imagem: Reprodução

Fora das quadras, a jogadora também faz sucesso. Patrocinada pela montadora alemã Porsche, ela também é uma embaixadora da empresa, participando de diversas ações promocionais e peças publicitárias na Alemanha.

"O dinamismo de Angelique Kerber e seu espírito de luta a colocaram entre as tenistas tops do mundo. Ela e Porsche compartilham dos mesmos valores", afirmou Matthis Müller, CEO da Volkswagen AG, empresa que controla a Porsche.

Além disso, Kerber mantém uma academia de tênis para crianças e adolescentes na cidade polonesa de Puszczykowo, na Polônia, onde vive atualmente. A academia foi batizada de "Angie", em referência ao primeiro nome da atleta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo