Esporte

Não sei se vou voltar a ser número 1 do mundo, afirma Nadal

EFE/- ORG
Imagem: EFE/- ORG

Do UOL, em São Paulo

13/02/2016 12h16

Dono de 14 títulos de Grands Slams e 67 no total da carreira, o espanhol Rafael Nadal certamente já tem um lugar cravado entre os melhores tenistas da história. Seu momento atual, no entanto, não é dos melhores e ele tem consciência de que dificilmente voltará ao topo do ranking da ATP.

“Estou em 5º lugar no mundo e faço o possível para me manter o mais acima possível no ranking. Mas se voltarei a ser o melhor do mundo, eu não sei. E não é algo que me preocupa no momento”, afirmou o tenista de 29 anos, que jogará neste sábado pelas semifinais do ATP 250 de Buenos Aires contra Thiem.
 
“Existem situações que são extremas, tanto para os jogadores, quanto para os espectadores. Até que a gente sofra algo grave, nada vai mudar”, explicou Nadal sobre a decisão dos organizadores do torneio de não suspender a partida apesar do calor extremo na capital argentina.
 
Após sofrer com seguidas lesões nos últimos anos, Nadal parece estar recuperando a forma física. “Terminei o ano passado jogando muito bem e comecei 2016 também em alta, mas não fui nada bem na Austrália e espero que isso tenha sido um acidente. Trabalhei para fazer uma grande temporada e me sinto preparado”, finalizou.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo