Esporte

De olho bem aberto! Djokovic atropela rival em estreia na Copa Davis

AFP / ANDREJ ISAKOVIC
Imagem: AFP / ANDREJ ISAKOVIC

DO UOL, em São Paulo

04/03/2016 12h04

Novak Djokovic não deu a menor chance para Alexander Nedovyesov, do Cazaquistão, na estreia da Sérvia na Copa Davis de 2016. O líder do ranking mundial esmagou o rival em 1h53 de partida, com parciais de 6-1, 6-2, e 6-3. O duelo está sendo disputado em Belgrado e vale vaga nas quartas de final do Grupo Mundial. O duelo está empatado em 1 a 1 após derrota de Victor Troicki para Mikhail Kukushkin por 3 sets a 0 (7-5, 6-2 e 6-4).

Olho não atrapalhou desta vez

Marwan Naamani/AFP
Imagem: Marwan Naamani/AFP

Na última vez que entrara em quadra, no ATP 500 de Dubai (EAU), Novak Djokovic havia sido obrigado a abandonar a partida contra Feliciano López por causa de uma infecção no olho direito causada pela lente de contato. Nesta sexta, ele não teve nenhum tipo de problema.

Rival inexpressivo jamais ameaçou

 AFP / ANDREJ ISAKOVIC
Imagem: AFP / ANDREJ ISAKOVIC

Ocupando somente a 200ª colocação do ranking mundial e ainda sem vitórias no circuito da ATP neste ano, Nedovyesov foi um sparring de luxo para o líder do ranking. Apesar de muito se esforçar e até vencer alguns ralis longos, não conseguiu fazer frente ao adversário em nenhum momento. 

Braço doeu, mas uma massagem resolveu

 AFP / ANDREJ ISAKOVIC
Imagem: AFP / ANDREJ ISAKOVIC

Durante o jogo, Djokovic sentiu uma dor no braço e no ombro esquerdos, mas uma rápida massagem foi o suficiente para deixá-lo bem de novo e pronto para seguir castigando o rival com golpes precisos.

Djokovic fez só cinco aces, mas saque foi arma fundamental

AFP / ANDREJ ISAKOVIC
Imagem: AFP / ANDREJ ISAKOVIC

O sérvio não é um grande fazedor de aces e terminou a partida com apenas cinco. Mas em seu saque o líder do ranking mundial foi devastador. Permitiu que Nedovyesov tivesse somente uma chance de break e ganhou 49 de 67 pontos jogados em seu serviço. Como comparação, o cazaque sofreu seis quebras e ganhou 47 dos 86 pontos com o saque.

E fica a pergunta. Quem baterá o sérvio?

Sem contar a partida em que abandonou contra Feliciano López, Djokovic não sabe o que é perder uma partida em 2016. Com o triunfo de hoje, são 15 vitórias em 15 jogos finalizados. Na Copa Davis, não sofre um revés desde 2011, quando se retirou do jogo contra o argentino Juan Martín del Potro. A árdua tarefa de tentar acabar com a invencibilidade do sérvio caberá a Mikhail Kukushkin, no domingo. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo