Esporte

Ex-tenista deixa Hall da Fama após confirmação de pena por abuso de menores

AP
Imagem: AP

Da EFE

06/04/2016 13h10

O ex-tenista australiano Bob Hewitt foi expulso do Hall da Fama da modalidade nesta quarta-feira, após ter confirmada a condenação na África do Sul por estupro e abuso sexual de menores de idade.

O nove vezes campeão em duplas de torneios de Grand Slam, havia sido condenado em março do ano passado, e sentenciado a seis anos de prisão, decisões que um Tribunal de Apelação confirmaram hoje, tornando-as definitivas, ou seja, sem possibilidade de novo recurso.

Integrante do Hall da Fama do tênis desde 1992, Hewitt estava suspenso há quatro anos, por causa do processo. Com a conclusão dos trabalhos da justiça e a expulsão do grupo honorário, todos os registros do australiano, que defendeu a África do Sul como atleta, serão excluídos.

Hewitt, de 76 anos, foi condenado por estuprar duas menores de idade de que era técnico, em uma escola de tênis, e também por crime de abuso sexual contra uma terceira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo