Esporte

Serena vence zebra e reedita final de Wimbledon-15 na decisão de R. Garros

Do UOL, em São Paulo

03/06/2016 09h52

A norte-americana Serena Williams confirmou seu favoritismo e garantiu nesta sexta-feira sua vaga na final da chave feminina de Roland Garros 2016. Jogando diante da holandesa Kiki Bertens pelas semis, a cabeça de chave número um do torneio superou a irregularidade inicial e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9-7) e 6/4.

O confronto foi apenas o segundo entre as duas tenistas. Antes, Serena encarou a holandesa – atual número 58 do ranking da WTA – no Aberto dos EUA de 2015 e venceu a partida em condições bastante semelhantes às desta sexta-feira: 2 sets a 0, com 7/6 (7-5) e 6/3 nas parciais.

No caminho até as semis em Paris, a holandesa estreou vencendo a alemã Angelique Kerber, terceira cabeça de chave. Depois, bateu a russa Daria Kasaktina (favorita número 29) na terceira rodada e venceu a suíça Timea Bacsinszky (oitava favorita) nas quartas.

Com 21 títulos de Grand Slam na carreira, Serena chega a sua quarta decisão de Roland Garros. Nas três anteriores (2002, 2013 e 2015), foi campeã.

Bertens, por sua vez, garante a melhor participação de sua carreira em um Slam – em 2015, a holandesa chegou às quartas de final do Aberto da Austrália. Já em Roland Garros, ela jamais havia passado da primeira rodada em suas três participações anteriores (2012, 2013 e 2015).

Final reedita Wimbledon 2015

A adversária de Serena Williams na final de Roland Garros será a espanhola Garbiñe Muguruza. Em seu compromisso pelas semifinais, a atual número 4 do ranking da WTA enfrentou a australiana Samantha Stosur e venceu sem dificuldades: 2 sets a 0, com 6/2 e 6/4 nas parciais.

Foi apenas o segundo confronto entre as duas tenistas, e a primeira vitória de Muguruza. No encontro anterior, a experiente australiana eliminou a rival no torneio de Madri em 2014 com uma vitória por 2 sets a 1: 7/5, 3/6 e 6/1.

Com a vitória desta sexta-feira, Garbiñe Muguruza se torna a primeira espanhola a chegar a uma final feminina de Roland Garros desde 2000. A última representante do país a decidir o Aberto da França havia sido Conchita Martínez, derrotada por Mary Pierce.

De quebra, Muguruza ainda tem a chance de reeditar a final de Wimbledon 2015 contra Serena. Na ocasião, a norte-americana confirmou seu favoritismo e ficou com o título ao vencer por 2 sets a 0, com duplo 6/4. Em quatro duelos até hoje, foram três vitórias de Serena.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo