Esporte

Murray avança sem sustos em Wimbledon; Muguruza é eliminada por zebra

AP Photo/Alastair Grant
Andy Murray fez 6-3, 6-2 e 6-1 em Yen-Hsun Lu e avançou à terceira rodada Imagem: AP Photo/Alastair Grant

Do UOL, em São Paulo

30/06/2016 13h20

Segundo colocado do ranking da ATP, Andy Muray não teve dificuldades para vencer Yen-Hsun Lu (76º) por 3 sets a 0 nesta quinta-feira (30) e avançar à terceira rodada de Wimbledon. Em 1h 40min de partida, o escocês fez parciais de 6-3, 6-2 e 6-1. Na terceira rodada do Grand Slam, Murray enfrentará o australiano John Millman.

O nº 2 do mundo teve um pequeno susto no primeiro set. Murray iniciou a partida com dificuldades de ler o jogo de Lu e logo teve o saque quebrado. Mas começou a empurrar o taiwanês para o fundo da quadra, impôs a agressividade característica na grama e quebrou duas vezes o saque do rival. Quando servia para o set vencendo por 5-3, Murray viu Lu ter duas chances de quebra para voltar na partida, mas confirmou o serviço para fazer 6-3.

Do segundo set em diante, Murray deu show na grama. Ele começou quebrando o saque de Lu e confirmou seu serviço para abrir 2-0. Aí só administrou a partida e quebrou o serviço do rival mais uma vez para fechar em 6-2. E o terceiro set foi quase perfeito de Murray, que abriu 4-0, sacou bem e abusou das jogadas de efeito para levar a parcial em 6-1. 

Opinião de especialista

Tarefa concluída. Murray demorou quatro ou cinco games para embalar, mas daí em diante foi um jogador quase perfeito dentro do que a grama permite, com agressividade, contragolpes e muita perna
José Nilton Dalcim, blogueiro do UOL Esporte

Zebra na chave feminina 

AP Photo/Ben Curtis
Imagem: AP Photo/Ben Curtis

Atual campeã de Roland Garros e vice-líder do ranking da WTP, a espanhola Garbine Muguruza perdeu para a eslovaca Jana Cepelova nesta quinta-feira (30) e foi eliminada apenas da segunda rodada de Wimbledon.

A eliminação precoce de Muguruza surpreende ainda mais porque Cepelova é apenas a 124ª colocada do ranking. A segunda colocada da WTP já havia sofrido para vencer a italiana Camila Giorg na estreia do Grand Slam britânico, mas nesta quinta errou demais e deu adeus a Wimbledon com derrota por 2 sets a 0 em 58 minutos: parciais de 6-3 e 6-2.

"Estou muito feliz, joguei muito bem e acho que mereci ganhar hoje. Eu não esperava isso. Ano passado eu venci Simona Halep nessa quadra e tenho boas memórias", afirmou Cepelova, que tornou-se especialista que derrubar gigantes em Wimbledon. 

Além de eliminar Halep (nº 4) no ano passado, ela já havia derrubado Serena Williams (nº 1) em 2014. Ou seja, nos últimos três anos, Cepelova eliminou três tenistas top 3 da WTP. Agora, na terceira rodada de Wimbledon, ela enfrentará Lucie Safarova. 

E a zebra quase atacou novamente em Wimbledon. Terceira colocada no ranking da WTP, a polonesa Agnieszka Radwanska suou muito e contou com lesão da rival para vencer a polonesa Ana Konjuh (107ª).

Radwanska venceu o primeiro set, mas sofreu "apagão" e chegou a estar próxima da derrota. No set decisivo, a número três do mundo viu Konjuh torcer o tornozelo ao pisar na bolinha e venceu por 2 a 1: parciais de 6-2, 4-6 e 9-7.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo