Esporte

Bellucci e Rogerinho dão adeus ao Aberto dos EUA logo na estreia

Anthony Gruppuso-USA TODAY Sports
Rogerinho em sua estreia no Aberto dos Estados Unidos Imagem: Anthony Gruppuso-USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo

29/08/2016 14h11Atualizada em 30/08/2016 02h04

Em seu primeiro torneio após chegar às quartas de final da Olimpíada do Rio, Thomaz Bellucci deu adeus logo na estreia.

Nesta segunda-feira, o brasileiro (65º colocado do ranking mundial) foi superado pelo russo Andrey Kuznetsov (47º) na primeira rodada do Aberto dos Estados Unidos por 3 sets a 1, parciais de 6/4, 3/6, 6/1 e 7/6 (7/5), em duelo de 2h56 de duração.
 
Com exceção do segundo set, quando conseguiu sair com a vitória, em nenhuma das outras parciais Bellucci apresentou um nível de tênis semelhante ao mostrado no Rio de Janeiro há duas semanas. Foi dominado sem dificuldades pelo rival.
 
No quarto set, Bellucci ainda precisou receber atendimento médico porque sentia dores no tornozelo esquerdo. Isso, porém, não o impediu de seguir na partida até o fim e lutando a cada ponto.
 
Ele, inclusive, salvou dois match points no saque de Kuznetsov quando o placar apontava 5 a 4 para o russo. Isso deu moral para igualar em 5 a 5 e levar a decisão para o tie-break.
 
Mas o brasileiro voltou a ser inconstante e não aproveitou as oportunidades que teve. Em seu primeiro match point no tie-break - o terceiro no jogo - Kuznetsov não vacilou e garantiu o avanço à segunda rodada.
 
Foi a 14ª vez que Bellucci cai em um Grand Slam logo na estreia. Nos Estados Unidos, isso ocorreu pela quarta vez. 

Rogerinho não resiste a Cilic

Um pouco antes, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, foi o primeiro brasileiro eliminado da disputa do último Grand Slam da temporada. Atual 108º colocado do ranking mundial, o tenista não foi páreo para Marin Cilic (9º) e campeão do Aberto dos Estados Unidos em 2014.

Em 1h58min de jogo, Rogerinho foi superado por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/5 e 6/1. Depois de fazer os dois primeiros sets equilibrados, o brasileiro não conseguiu manter o ritmo no terceiro e foi derrotado em somente 23 minutos.

Rogerinho sofreu bastante com o saque ao longo da partida. Ele cometeu dez duplas-faltas. Além disso, cometeu erros não-forçados em excesso. Foram 42 contra 24 do croata.

Dia de eliminações

O Brasil teve um dia para esquecer no US Open. Após Bellucci e Rogerinho, foi a vez de Guilherme Cezar dar adeus. O brasileiro de 23 anos chegou a vencer a primeira parcial, mas levou a virada de Marco Chiudinelli.

Em sua primeira participação no Aberto dos EUA, após passar pelas fases classificatórias, Cezar perdeu para o suíço por 3 sets 1, parciais de 2/6, 7/6 (6), 6/2, 6/4, em quase três horas de partida.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo