Esporte

Camisa rasgada e refri. Djokovic vence jogo "maluco" e vai à final nos EUA

Do UOL, em São Paulo

09/09/2016 18h56

Em um dos jogos mais "malucos" dos últimos tempos, Novak Djokovic venceu o francês Gael Monfils (12º do ranking mundial) nesta sexta-feira por 3 sets a 1 (6/3, 6/2, 3/6 e 6/2) e avançou à final do Aberto dos Estados Unidos pela sétima vez na carreira. Na decisão, no domingo, buscará o seu terceiro título em Nova York. Foi campeão em 2011 e no ano passado.

A partida que durou 2h32min teve direito a momentos inusitados, como Djokovic rasgando a sua camisa após ficar irritado e Monfils tomando Coca-Cola no intervalo entre os games.

"Me sigo perguntando a mesma questão (por que rasgou a camisa). Algumas vezes você não tem reposta para este tipo de coisa. Acontece no calor do momento. Você tende a fazer coisas como estas. Mas me recupero pegando outra da camiseta da bolsa e colocando", afirmou.

Mas não foi apenas isso, Monfils foi vaiado pelo público por demonstrar apatia nos dois primeiros sets e o sérvio precisou receber atendimento médico três vezes, duas vezes para receber massagem no ombro esquerdo e uma no ombro direito.

Os dois últimos sets também foram uma montanha-russa, com os tenistas se alternando em bons e maus momentos. Mas no fim prevaleceu o melhor jogo de Djokovic.

O adversário de Djokovic na decisão será o suíço Stan Wawrinka (3º), que venceu o japonês Kei Nishikori (7º) na outra semi e disputará sua primeira final de Aberto dos EUA.

Monfils perde seu primeiro set em apenas 36 minutos

 Al Bello/Getty Images/AFP
Imagem: Al Bello/Getty Images/AFP

O francês havia passado pelas cinco primeiras rodadas do Aberto dos Unidos sem perder nenhum set. Aliás, era o único semifinalista com este status. Mas em 36 minutos foi completamente dominado pelo sérvio.

De forma incontestável, Djokovic abriu 5 a 0 e ficou muito perto de aplicar um pneu. Monfils ainda conseguiu reagir e ganhar três games em sequências. Porém, o sérvio se recompôs rapidamente para fazer 6 a 3.

Roteiro quase repetido no segundo set

A segunda parcial foi mais fácil para Djokovic e ainda mais rápida. Desta vez, foram precisos só 28 minutos para obter o triunfo e abrir 2 a 0.

A atuação de Monfils foi tão abaixo da crítica que o francês venceu somente 14 dos 44 pontos disputados e cometeu 11 erros não-forçados. Já o sérvio só deu um ponto de graça para o adversário.

Francês leva vaias, se irrita com o público mas acorda

AP Photo/Darron Cummings
Imagem: AP Photo/Darron Cummings

A postura apática de Monfils em quadra e o fato de sair perdendo o terceiro set por 2 a 0 foram a gota d'água para irritar a torcida.  Sem piedade, os torcedores começaram a vaiar o francês, que não aprovou o comportamento do público e gesticulou bastante.

A reação dos torcedores acabou fazendo bem para Monfils, que acordou em quadra e passou a dar muito trabalho para Djokovic. De maneira incrível, o francês venceu cinco games consecutivos para fazer 5 a 2 e se aproximar do triunfo.

O sérvio não queria entregar os pontos na parcial e esboçou uma reação. No nono game, quando perdia por 5 a 3 teve três break points a seu favor mas não soube aproveitar nenhum deles e acabou derrotado.

AFP PHOTO / Jewel SAMAD
Imagem: AFP PHOTO / Jewel SAMAD
Um pouco antes, irritado, o sérvio rasgou a sua camiseta. Só não ficou claro se insatisfeito com o seu desempenho ou com as dores no ombro esquerdo que sentia.

 

Djoko recebe massagem nos ombros e Monfils toma refri

AP Photo/Darron Cummings
Imagem: AP Photo/Darron Cummings

Antes do início do quarto set, Djokovic pediu atendimento médico pela segunda vez na partida para receber uma massagem no ombro. Mas isso não o afetou de nenhuma maneira e ele abriu 1 a 0.

Pouco depois, no intervalo entre os terceiro e quarto games Monfils aprontou mais uma e pediu uma Coca-Cola para tomar.

Na volta à quadra, acabou quebrado e ficou em desvantagem de 3 a 1, vendo a sua situação se complicar mais uma vez na partida.

Porém, o jogo estava tão maluco que Djokovic não soube se aproveitar disso e foi quebrado logo na sequência cometendo uma dupla falta. Na virada de lado, solicitou a terceira entrada do fisioterapeuta. Desta vez para receber massagem no ombro direito.

Ainda assim,o sérvio seguiu firme em quadra para quebrar Monfils mais uma vez e avançar à final.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo