Esporte

Brasileiro subiu mais de 350 postos no ranking e tem grande chance na Davis

Cristiano Andujar/CBT
Imagem: Cristiano Andujar/CBT

Fábio Aleixo

Do UOL, em São Paulo

14/09/2016 06h02

Quando o ano de 2016 começou, Thiago Monteiro só queria uma coisa: ficar longe das lesões que o atormentaram ao longo dos dois últimos anos - uma no cotovelo e outra no joelho - e o deixaram um bom tempo afastado das quadras. Mas a temporada que ainda nem chegou ao fim reservou coisas muito melhores ao tenista brasileiro de 22 anos.

Atual 101º colocado do ranking mundial, ele ganhou 362 posições desde janeiro, se tornou o segundo melhor jogador do país - atrás apenas de Thomaz Bellucci - e foi recompensado com a sua primeira convocação como titular da Copa Davis. Na sexta-feira, fará a sua estreia no duelo com a Bélgica que valerá uma vaga no Grupo Mundial de 2017. O confronto será na cidade belga de Oostende. Será também a sua primeira experiência em partidas em melhor de cinco sets, realizadas apenas na Davis e em Grand Slams.

"Estou realizando um sonho que tenho desde pequeno, que é defender meu país. Posso me dizer abençoado por estar aqui. Agora é dar tudo de mim para ajudar a equipe. O João (Zwetsch, capitão) tem passado bastante dicas e conversado comigo. Nunca joguei cinco sets, é verdade. Mas estou bem preparado fisicamente para aguentar um jogo que pode chegar a quatro, cinco horas", disse em entrevista ao UOL Esporte.

"Lá no começo da temporada eu só pensava em ter um ano saudável e sem lesões. Mas minha equipe sempre acreditou que eu poderia ir bem mais longe. Faltava só eu acreditar nisso e com o passar dos jogos fui acreditando também", afirmou o tenista que foi número 2 do mundo entre os juvenis em 2012.

A confiança aumentou e Monteiro começou a dar uma guinada em sua carreira em 17 de fevereiro deste ano, no Rio de Janeiro. Na ocasião, derrotou o francês Jo-Wilfried Tsonga (9º do mundo na ocasião) em sua primeira participação na chave principal de um ATP. Naquele dia, o cearense era somente o 338º da lista da ATP. A partir dali, decolou. Em maio, na cidade francesa de Aix En Provence, ganhou o primeiro challenger da carreira. 

Com grandes resultados em torneios menores, entrou pela primeira vez no Top 100 no dia 29 de agosto, quando esteve na 98ª colocação. Até o fim de 2016 quer voltar ao seleto grupo para já garantir uma vaga na chave principal do Aberto da Austrália de 2017, que marcaria o seu debute em um Grand Slam.

Guga teve papel importante em sua carreira

Ainda na época de juvenil, Monteiro deixou Fortaleza e foi viver em Balneário Camboriú (SC). Lá ficou entre 2008 e 2014 trabalhando com Larri Passos e tendo a tutela de Gustavo Kuerten. Por meio de seu Instituto, Guga passou a agenciar a carreira do cearense. Fechou patrocínios para o garoto, como a da marca de roupas Lacoste, e com a Babolat, fornecedora de raquetes.

"Hoje, o instituto do Guga já não cuida mais da minha carreira, mas foi muito importante para mim no momento de transição ao profissional e só tenho agradecer por tudo que ele fez por mim", disse Thiago que treinou em algumas oportunidades com o ídolo. "Treinar com ele me dava confiança e tranquilidade".

"Mesmo sem esta parte comercial atualmente, sigo com uma relação muito boa com o Guga, uma amizade legal. Diversas vezes ele me manda mensagens, passa dicas. No sábado foi aniversário dele e mandei parabéns", contou o jogador que desde 2014 treina na Academia Tennis Route, no Rio de Janeiro.

Lesões impediram ascensão nos últimos anos

Quando se diz feliz por estar saudável, Monteiro não exagera. Em 2014 sofreu com problemas no cotovelo e precisou ficar dois meses parado, entre setembro e novembro. Caiu da 391ª  para a 566ª colocação do ranking. No ano passado, foi o joelho que o atormentou e o deixou fora de combate por três meses, entre junho e setembro. Por causa disso saiu do grupo dos 500 melhores da lista da ATP.  Sempre que queria subir, acabava derrapando por problemas físicos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo