Esporte

Dupla belga apronta zebra e Brasil seguirá na segunda divisão da Davis

Cristiano Andujar/CBT
Imagem: Cristiano Andujar/CBT

Do UOL, em São Paulo

17/09/2016 12h31

Marcelo Melo e Bruno Soares  não conseguiram confirmar o favoritismo que tinham contra Ruben Bemelmans e Joris de Loore e o Brasil terá de disputar novamente a segunda divisão da Copa Davis no próximo ano.

Os mineiros, que ocupam respectivamente a terceira e quinta colocação do ranking mundial, foram superados por 3 sets a 2 (3/6, 7/6 [7/5], 4/6, 6/4 e 6/4) pelos rivais e a Bélgica fechou o duelo válido pela repesagem do Grupo Mundial por 3 a 0. Assim, as partidas deste domingo em Oostende servirão apenas para cumprir tabela.

O detalhe é que Bemelmans e De Loore não costumam atuar em torneios de duplas. O primeiro é o 207º colocado do ranking, enquanto o segundo aparece somente na 462ª posição.

Os belgas contaram com ótimos saques ao longo do duelo. Não à toa, registraram 18 aces, contra apenas cinco dos brasileiros.

"Foi complicado. Eles sacaram muito bem nos momentos de pressão e não deram chances. A partir do quarto set, as coisas começaram a complicar bastante para nós. Acho que o tie-break do segundo set acabou sendo decisivo. Se tivéssemos feito 2 a 0, conseguiríamos finalizar o jogo no terceiro", disse Bruno Soares em entrevista ao SporTV.

"Eles entraram  super empolgados. Não tinham muito a perder, pois éramos os favoritos. Mas Davis é assim. Hoje, fomos surpreendidos. Agora é seguir trabalhando para recuperar este prejuízo", completou o brasileiro. 

Vice-campeã da Davis em 2015, a Bélgica seguirá mais um ano na elite. O Brasil jogará o Zonal Americano, o que já havia feito em 2016.

Cristiano Andujar/CBT
Imagem: Cristiano Andujar/CBT

Como foi o jogo

O primeiro set deu a impressão de que Melo e Soares não teriam dificuldades contra os adversários. Em apenas 24 minutos, os brasileiros fizeram 6 a 3 após conseguirem uma quebra logo no primeiro game.

Mas este acabou sendo um set atípico. A partir da segunda parcial, os belgas se soltaram em quadra e passaram ser muito mais agressivos. Pressionando na rede, levaram o set até o tie-break, no qual acabaram vencendo por 7 a 5.

O terceiro set teve o mesmo equilíbrio, mas a quebra no décimo game foi suficiente para os brasileiros fazerem 6 a 4 e ficarem a um set do triunfo.

A dupla belga, porém, não se entregou. Com apoio da torcida que cantou bastante e até fez dancinhas, Bemelmans e De Loore voltaram a supreender os mineiros e forçaram o quinto set.

Na parcial decisiva, os belgas não se intimidaram. Começaram com tudo a parcial decisiva e obtiveram a quebra logo no terceiro game para fazer 2 a 1, e 3 a 1 na sequência. Em vantagem no marcador, os anfitriões continuaram com a tática de pressionar os brasileiros. Deu certo.

O que disse o blogueiro do UOL

Confira a programação do duelo:

Sexta-feira
David Goffin 3 x 0 Thiago Monteiro - 6/2, 6/2 e 6/0
Steve Darcis 3 x 1 Thomaz Bellucci - 6/7 (5/7), 6/1, 6/3 e 6/3
 
Sábado
Ruben Bemelmans/Joris de Loore 3 x 2 Bruno Soares/Marcelo Melo - 3/6, 7/6 (7/5), 4/6, 6/4 e 6/4
 
Domingo, 9h
David Goffin x Thomaz Bellucci
Steve Darcis x Thiago Monteiro
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo