Esporte

Sharapova diz que vai buscar medicamento substituto para substância ilegal

AP Photo/Aaron Favila
Sharapova só voltará a jogar profissionalmente em abril do ano que vem Imagem: AP Photo/Aaron Favila

Do UOL, em São Paulo

09/10/2016 11h57

Suspensa pela Corte Arbitral do Esporte (CAS) por 15 meses, Maria Sharapova revelou neste domingo que, junto com sua equipe, procurará um substituto para o Meldonium, substância ilegal que a fez ser flagrada em um exame antidoping.

"Estamos procurando um medicamento que possa substituir [o Meldonium]. Algo que seja legal e que eu possa tomar sem ter nenhum tipo de problema", disse Sharapova.
 
A tenista foi flagrada com Meldonium, que passou a integrar a lista de substância proibidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada) em 1º de janeiro. Ela confessou que fazia uso do medicamento em uma entrevista coletiva realizada em 7 de março e passou a cumprir uma suspensão preventiva no dia 12 do mesmo mês. Naquela época, a russa ocupava a sétima colocação do ranking mundial. Hoje é apenas a número 95.
 
Uma das atletas mais bem pagas da atualidade, Sharapova é uma das poucas tenistas que já conquistou o chamado Grand Slam (Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e US Open). Ela soma na carreira 35 títulos e mais de US$ 36,7 milhões apenas em premiações em torneios. Ganhou 601 jogos e perdeu 145. Ela ainda chegou a ficar 21 semanas como número 1 do ranking mundial.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo