Topo

Esporte

Em jogo histórico, Murray vence Raonic e avança à decisão das Finais da ATP

Reuters / Paul Childs
Após 3 horas e 38 minutos de jogo, o número 1 do mundo fará sua primeira final do torneio Imagem: Reuters / Paul Childs

Do UOL, em São Paulo

19/11/2016 15h53

O escocês Andy Murray superou um mau início e venceu de virada o canadense Milos Raonic na tarde deste sábado, garantindo assim um lugar na decisão das Finais da ATP, o torneio que encerra a temporada. Com 3 horas e 38 minutos, foi o jogo mais longo de 3 sets da história do torneio. Dois deles foram decididos apenas no tie-break.

O escocês teve várias chances de fechá-lo antes, mas a reação de Raonic, que fez uma partida duríssima e salvou ao menos quatro match-points, o impediu.

Após perder o primeiro set, Murray conseguiu fazer 2 a 1, parciais de 5/7, 7/6 (7-5) e 7/6 (11-9), em Londres, no melhor jogo do torneio até aqui, e decidirá o título com o vencedor do duelo entre Novak Djokovic e Kei Nishikori, que acontecerá às 18h (horário de Brasília).

Essa será a primeira vez que Andy Murray decidirá as Finais da ATP, torneio do qual o escocês nunca havia passado das semis. Ele chegou ao feito inédito após superar um adversário duro, que venceu o primeiro set forçando bastante o saque e colocando pressão sobre o favorito.

Raonic conseguiu 89% de seus pontos por forçar o serviço no primeiro set, ao passo que Murray fez apenas 54% dos seus com esse fundamento. O escocês tinha um retrospecto amplamente favorável (8 vitórias a 3 em seus últimos confrontos), mas não conseguiu transformar o histórico em bom desempenho.

Depois de sair perdendo, o britânico reequilibrou a partida no segundo set, conseguindo fechá-lo em um emocionante tie-break. No terceiro set, apesar das pernas pesadas por conta de uma temporada desgastante e de aparentar alguma irritação, Murray fez 11 a 9 em um tie-break também apertado e fechou a partida, garantido aceso à final inédita. 

"Foi um jogo duríssimo, e um tie-break incrível", disse o britânico ao fim do jogo.

Se Novak Djokovic confirmar seu favoritismo na outra semifinal, os dois vão fazer no domingo um duelo que valerá não apenas o troféu do torneio, mas também o topo do ranking mundial.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte