Esporte

16 anos e 177 torneios depois, tenista de Luxemburgo finalmente é campeão

AFP PHOTO / Peter PARKS
Gilles Muller chora ao vencer ATP 250 de Sydney, o primeiro após 16 anos de carreira Imagem: AFP PHOTO / Peter PARKS

Do UOL, em São Paulo

14/01/2017 22h04

Tenista profissional desde 2001, Gilles Muller sempre foi um coadjuvante no circuito mundial de tênis. Natural de Luxemburgo, o jogador já disputou 177 torneios da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e poucas vezes esteve entre os 30 melhores do mundo. Ainda assim, nunca desistiu da carreira e vive de tênis sem nunca ter brilhado como um Federer ou um Djokovic da vida. Neste sábado, aos 33 anos, ele venceu o primeiro torneio de sua vida.

Foi o ATP 250 de Sydney, que é usado como preparação para o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada. Neste sábado, Gilles Muller bateu o britânico Daniel Evans por 2 sets a 0 (7-6 e 6-2) para ser campeão pela primeira vez, recebendo o troféu das mãos de ninguém menos que Rod Laver, australiano que é considerado um dos melhores tenistas de todos os tempos.

“Eu não estava esperando isso. Foi uma grande honra. Simplesmente incrível. Tudo que aconteceu nesta noite foi como um filme. Rod Laver ali, me esperando no centro da quadra com o troféu, meus filhos na arquibancada... Não posso pedir mais que isso”, disse ele ao site da ATP.

Com a conquista em Sydney, Muller saltou para o 28º lugar do ranking mundial, o melhor de sua carreira. Antes da conquista em Sydney, ele já havia chegado a cinco finais, perdendo todas elas. Na mais dramática, ano passado, ele perdeu três match-points diante de Ivo Karlovic para depois perder a disputa em Newport. Neste sábado, ele segurou a emoção na final e cumpriu o objetivo.

“Significa muito para mim. Como vocês puderam ver, eu estava muito emocionado. Nos últimos dois ou três anos, ganhar um torneio era provavelmente o meu maior objetivo. Eu sempre sonhei com isso e estive tão perto no ano passado. Eu estava muito assustado e preocupado de que seria um desses jogadores que nunca venceram um título. Agora eu tenho um e me sinto ótimo”, disse ele, que dedicou o título à mulher Alessia e aos filhos Lenny e Nils, que estavam presentes.

Quer receber notícias de tênis de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo