Esporte

EUA tocam hino do nazismo em duelo contra Alemanha e precisam se desculpar

Michael Dodge/Getty Images
Tenista alemã Andrea Petkovic Imagem: Michael Dodge/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/02/2017 12h11

A Associação Americana de Tênis (USTA) pediu desculpas neste domingo por um equívoco cometido durante a disputa do duelo contra a Alemanha no Havaí. Uma versão do hino alemão, utilizado no nazismo, foi tocado antes do duelo pela Fed Cup.

A cerimônia aconteceu antes da partida entre Alison Riske e Andrea Petkovic, vencida pela americana por 2 sets a 0. A alemã reclamou da situação vivida.

Quando tocou o hino, o solista cantou: “Alemanha, Alemanha acima de tudo”. Os versos têm vínculos com o governo de Adolf Hitler durante a Segunda Guerra Mundial. A música atual fala: “unidade, justiça e liberdade a pátria alemã”.

"Nunca me senti mais desrespeitada em toda a minha vida. Já joguei Fed Cup por 13 anos e é a pior coisa que aconteceu comigo", falou Petkovic, que chorou com o ocorrido.

Em nota, a entidade americana lamentou o ocorrido. "Nossas sinceras desculpas para o time alemão e os fãs pelo hino antigo. Esse erro não irá acontecer mais", falou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo