Topo

Esporte

Thiago Monteiro vence Bellucci e é único brasileiro vivo no Rio Open

Divulgação / Rio Open
Imagem: Divulgação / Rio Open

Do UOL, em São Paulo

24/02/2017 00h50

Thiago Monteiro venceu Thomaz Bellucci em duelo de brasileiros no Rio Open, em jogo finalizado na madrugada desta sexta-feira (24), e avançou às quartas de final do torneio. O confronto terminou em 2 sets a 1 para o cearense, com parciais de 7-6 (10), 3-6 e 6-3. Foi o primeiro embate entre eles, que, no entanto, já são velhos conhecidos por treinarem juntos. 

Monteiro, com a vitória na quadra Guga Kuerten do Jockey Club, mantém viva a possibilidade de ultrapassar o compatriota no ranking da ATP: para tanto, terá de passar para a semi, vencendo na próxima rodada. Bellucci, atualmente, é o número 76 da lista (com 676 pontos) e Thiago, o 85º (com 645 pontos).
 
Bellucci, abatido ao fim do duelo, identificou a sua principal dificuldade: "O físico", disse, assertivo, ao SporTV. "Ficou claro que, se eu tivesse melhor fisicamente, teria tido mais chances. Senti um pouco de cansaço, não consegui manter a intensidade. Talvez, se eu tivesse vencido o primeiro set, teria tido mais chance", lamentou.
 
Thiago Monteiro exaltou o equilíbrio da partida: "Acho que foi um jogo bem equilibrado, decidido nos detalhes. Foi uma vitória muito importante para mim, queria muito continuar na competição", comemorou. 
 
O adversário de Monteiro para a sequência da competição já está definido: será Casper Ruud, da Noruega, que bateu o espanhol Roberto Carballés Baena pouco mais cedo, por 2 sets a 1, com parciais de 6-7, 6-4 e 7-6. A partida encerrará a programação de sexta-feira. 
 
"Ruud está jogando totalmente sem pressão. Tenho que bolar estratégia com minha equipe, ver um pouco dos jogos dele para avaliar melhor. Aproveitar também para fazer a recuperação e estar 100% para enfrentá-lo". disse Monteiro, o único representante do Brasil ainda vivo no torneio masculino de simples. 

Divulgação / Rio Open
Imagem: Divulgação / Rio Open

O jogo

Thiago Monteiro e Bellucci levaram um primeira parcial equilibrada, com direito a uma quebra de serviço para cada lado, ao tie-break?. No desempate, o primeiro a abrir vantagem foi o paulista, que emplacou 6-4 e poderia fechar o set no seu saque. Vacilou. No fim, após empates sucessivos, o cearense encerrou o set com 10-8 no tie-break.

"Tie-break de intensos altos e baixos dos dois lados", avaliou José Dalcim, comentarista do UOL Esporte. "Com erros de Bellucci, Monteiro fez 4-2. Vacilou e perdeu quatro pontos. Com 6-4, Bellucci não soube concretizar e veio o empate. O cearense jogou bem nos três pontos finais do tie-break, dois com o saque e um com golpes forçados na base muito potentes"

Bellucci, na segunda parcial, explorou bem os erros de Monteiro, que não acertou nenhum primeiro serviço. No oitavo game, efetuou a quebra decisiva para abrir 5-3 no set e sacou para empatar o duelo. Não perdeu a chance. 

"Disparando seu forehand com toda a força, Bellucci fecha o segundo set com 87% de pontos vencidos com o primeiro saque", disse Dalcim.

Thiago Monteiro corrigiu os erros da segunda parcial rapidamente, venceu os três primeiros games do set decisivo (com uma quebra de serviço) e jogou a pressão para o lado de Bellucci, que, a essa altura, reclamou de desconforto na perna esquerda e pediu atendimento médico. 

O paulista voltou à quadra com melhora na mobilidade, mas Monteiro estava seguro e com a vitória encaminhada. Apenas confirmou seus serviços e levou por 6-3. 

"Monteiro mostrou grande controle emocional e sacou firme no game decisivo, fechando até com ace. Ele enfrentará agora norueguês Ruud, de 18 anos, já com melhor ranking da carreira garantido", encerrou Dalcim. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte