Esporte

Bellucci vira, faz final em Houston e busca quinto título de primeira linha

Divulgação
Bellucci comemora vitória e vaga na final do ATP de Houston Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

15/04/2017 17h05

O brasileiro Thomaz Bellucci, 65 do mundo, está na final do ATP de Houston depois de virar um jogo que começou complicado contra o americano Ernesto Escobedo (91). A vitória por 5/7, 6/4 e 6/2 veio depois de um ajuste no começo do segundo set. Ele era pressionado pelo adversário nos games de serviços com devoluções profundas e rápidas, mas mudou os rumos da partida ao optar por sacar aberto.

O americano não tinha bom tempo de resposta no deslocamento lateral, algo necessário por causa do efeito da bola neste tipo de golpe. Ele passou a errar mais as devoluções, ou jogar bola mais curtas e lentas. Isto permitiu a Bellucci atuar da maneira que gosta, agredindo do fundo de quadra.

Outro fato que ajudou foi a insistência de Escobedo em atacar o forehand de Bellucci. Este golpe é bastante eficiente tanto pela velocidade, quanto pelo efeito que o brasileiro põe na bola. Em compensação, o backhand é mais frágil e fonte da maioria dos erros.

Bellucci também foi bem em conseguir controlar os nervos, algo que nem sempre acontece. Ele não deu chance quando sacou para o segundo set e para fechar o jogo. Também houve um momento em que os dois tenistas trocaram quebras e o brasileiro foi o primeiro a se recompor. 

1º set

Bellucci começou atrás no placar ao ser quebrado por Escobedo quando sacava em 5/6. Como ocorreu em todo o set, o americano conseguiu boas devoluções, impedindo Bellucci de jogar agressivo do fundo de quadra e ditar o ritmo dos pontos.

No outro lado da quadra, Escobedo foi bastante eficiente com o serviço. Ele disparou seis aces e venceu 81% dos pontos em que acertou o primeiro saque. Em todo o momento da parcial, o adversário pareceu estar mais perto de vencer.

2º set

A fortaleza do saque do americano ruiu logo no primeiro game do segundo set e Bellucci saiu quebrando. Para isso, fez o oponente jogar todos os pontos, contou com uma dupla falta e soube dosar a agressividade para escolher o melhor momento de atacar.

Bellucci passou a ser eficiente na devolução, mas não melhorou a performance quando sacava. Ele cedeu dois break points e permitiu o empate na sequência. Nesta hora, foi notável a frustração do brasileiro que quase atirou a raquete no chão.

A gangorra que a partida se tornou continuou e o brasileiro fez 2 a 1 quebrando o adversário. A partir deste momento, Bellucci fez o ajuste no saque e passou a sacar aberto. O tenista também foi esperto ao fazer saques fechados para não ficar previsível. Desta maneira, fechou o set em 6/4.

3º set

Bellucci saiu quebrando o adversário no set decisivo e isto trouxe muita tranquilidade. A vantagem ficou maior quando Escobedo sacava em 1/3 e foi quebrado novamente. O brasileiro encaixou ótimas devoluções e pode comandar boa parte dos pontos deste game. O americano se safou com bons saques, mas uma hora não aguentou a pressão.

Como em time que está ganhando não se mexe, a tática foi mantida e Bellucci não foi mais ameaçado. Ele fechou a parcial em 6/2. Foi a quarta vitória no ATP de Houston, todas em três sets.

Entrevista após vitória

Ainda na quadra Thomaz Bellucci foi entrevistado pela organização do ATP 250 de Houston e falou com um sorriso no rosto. Comentou as vitórias em três sets, disse que tenta ganhar mais rápido, mas que se assim chegou na final está ótimo. Na semana anterior, ele estava na altitude de 2,5 mil metros de Ambato (Equador) defendendo o Brasil pela Copa Davis, por isso não acreditava que conseguiria ir tão longe nos Estados Unidos.

"Primeira vez em Houston, não esperava jogar tão bem porque não tive muito tempo para treinar e me adaptar ao lugar".

Bellucci enfrenta na final o vencedor da partida entre os americanos Jack Sock (15) e Steve Johnson (29). Caso seja campeão, deve figurar na 42ª posição do ranking mundial. Se for vice-campeão, ficará em 52º lugar. A última vez em que Bellucci ergueu um troféu foi em Genebra (Suíca) em agosto de 2015. 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo