Tênis

Tenista beija repórter à força ao vivo. "Quis dar um soco", diz jornalista

Do UOL, em São Paulo

30/05/2017 13h06Atualizada em 30/05/2017 18h04

Eliminado pelo uruguaio Pablo Cuevas na primeira rodada de Roland Garros, Maxime Hamou (287º do mundo) fez feio também fora das quadras. Em entrevista a Maly Thomas, jornalista da "Eurosport", o jovem francês beijou a repórter à força. Por conta do incidente, o tenista teve sua credencial revogada. 

Em entrevista ao "Huffington Post" da França, a jornalista criticou a atitude de Hamou, chamando-o de "rude" pela atitude. "Se eu não estivesse ao vivo, eu teria socado ele", explicou Maly.

Por meio de comunicado oficial, a organização de Roland Garros afirmou que revogou a credencial do tenista por conta de seu "comportamento repreensivo". Eliminado da chave de simples, ele não disputaria o torneio nas duplas nem nas duplas mistas. 

A ação gerou revolta nas redes sociais. Cécile Duflot, ex-ministra da habitação da França, se manifestou por meio de sua conta no Twitter.

“Ele beija à força, ela tenta escapar, ele a agarra pelo pescoço e todo mundo... ri. Cansada”, escreveu a política.

Horas após o ocorrido, Hamou se desculpou por meio de postagem em sua conta pessoal no Instagram e negou a intenção de assediar a jornalista.

"Mando os meus mais profundos pedidos de desculpas à Maly Thomas caso ela esteja se sentindo ferida ou chocada pela minha atitude durante a entrevista. Eu vivi uma semana magniífica aqui em Roland Garros, vivi as minhas maiores emoções no tênis e deixei meu entusiasmo se expressar de forma desajeitada em relação à Maly, que eu conheço e respeito sinceramente. Nada que está escrito relata a minha intenção. Estou à disposição de todos para apresentar as minhas desculpas pessoalmente se ela assim desejar. Aprendo todos os dias com meus erros para me tornar um jogador de tênis melhor e uma pessoa melhor", afirmou o tenista.

A Eurosport, empregadora de Thomas, também se manifestou, lamentando o ocorrido.

"Nós sinceramente sentimos muito pelo incidente que aconteceu durante a entrevista entre Maly Thomas e Maxime Hamou. O comportamento do nosso entrevistado foi muito inapropriado e nós não perdoamos esse tipo de atitude de jeito nenhum. Maly é uma jornalista muito respeitada e estamos felizes por um perdido de desculpas ter sido oferecido", informou a empresa.

Hamou, de 21 anos e que chegou à chave principal após passar pelo classificatório, foi derrotado por Cuevas por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4, e já havia causado polêmica na partida ao gritar contra o árbitro de cadeira após a marcação de um ponto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
EFE
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
UOL Esporte
Revista Tênis
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Redação
Revista Tênis
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Revista Tênis
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
EFE
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Redação
AFP
AFP
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
Topo