Topo

Tênis

Final terá duelo entre favorita e jovem sensação em Roland Garros

Do UOL, em São Paulo

08/06/2017 15h05

A decisão de 2017 terá o encontro de uma favorita e uma jovem sensação em Roland Garros. Nesta quinta-feira (8), Simona Halep, quarta colocada no ranking da WTA e terceira cabeça-de-chave do Grand Slam, e Jelena Ostapenko, que aparece na 47ª posição e tem apenas 20 anos de idade, venceram seus jogos válidos pela semifinal e se tornaram as duas últimas tenistas vivas na briga pelo título.

Ostapenko chegou a Roland Garros como 47ª colocada no ranking da WTA. Com a vitória por 2 sets a 0 sobre a suíça Timea Bacsinszky, com parciais de 7/6, (7/4), 3/6 e 6/3, nesta quinta-feira (8), a letã se tornou a primeira tenista que não era cabeça-de-chave a chegar à decisão do Grand Slam desde 1983.

Se não bastasse o fim do tabu, Ostapenko, que se tornou a primeira letã da história a chegar à decisão de um Grand Slam, ainda se tornou a tenista com o ranking mais baixo a disputar a final em Roland Garros.

Para completar sua lista de feitos, Ostapenko, aos 20 anos de idade, é a tenista mais jovem a chegar à final de um Grand Slam desde que Caroline Wozniacki decidiu o US Open de 2009 com apenas 19.

O feito de Ostapenko veio justamente no dia em que completa 20 anos de idade. Curiosamente, o dia também marcava o aniversário de 28 anos de Timea Bacsinszky, tenista que a letã derrotou na semifinal em Roland Garros.

Halep, por sua vez, chegou à decisão ao vencer Karolina Pliskova por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3, em duelo de cabeças-de-chave, também realizado nesta quinta-feira (8).

Agora, Halep chega à final com como favorita. Ostapenko, por sua vez, luta para continuar sendo a zebra que conquistou os fãs em Roland Garros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!