Tênis

Com joelho debilitado, Nadal perde para belga em estreia no ATP Finals

REUTERS/Hannah McKay
Rafael Nadal lamenta erro em derrota para David Goffin no ATP Finals, em Londres Imagem: REUTERS/Hannah McKay

Do UOL, em São Paulo

13/11/2017 20h52

A participação de Rafael Nadal no ATP Finals de Londres esteve em xeque por conta de dores no joelho direito que o impediram até de treinar nos dias anteriores. A questão física pesou, e o número 1 do mundo perdeu em sua estreia no torneio, que reúne na Inglaterra os melhores tenistas da temporada.

Nesta segunda-feira, na O2 Arena, o algoz foi o belga David Goffin, nº 8 do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6-4 e 6-7 (4-7) e 6-4, em 2h37min de confronto. Além da questão física, o espanhol encontrou dificuldade para parar o potente saque do adversário, que acertou 14 aces no jogo.

Goffin, de 26 anos, realiza a sua melhor temporada. Em 2017, ganhou dois de seus quatro títulos como profissional, em Shenzhen, na China, e o ATP 500 de Madri, na Espanha. Ele havia enfrentado Nadal duas vezes, e perdido em ambas.

Na partida desta segunda, Nadal tentou compensar as dores no joelho com um estilo de jogo mais defensivo, apostando nos erros do belga. Foram duas quebras de saque para cada tenista no primeiro set. Ainda assim, com altos e baixos na parcial, Goffn fez 1 a 0 após 57 minutos.

O cenário se repetiu no segundo set. Visivelmente, Nadal sentia dificuldades para impor um estilo de jogo mais agressivo, assim como Goffin exalava nervosismo em situações mais decisivas. No décimo game, o belga teve o match point nas mãos, mas permitiu que o espanhol empatasse em 5 a 5.

Se a parte física estava debilitada, Nadal estava em dia com sua costumeira garra em quadra. Prevaleceu a força de vontade do número 1 do mundo, que superou um triplo match point no 12º game e empatou a partida após o tie-break.

No terceiro set, porém, Nadal perdeu rendimento e, visivelmente limitado fisicamente, não impediu a vitória de Goffin, que quebrou o saque do adversário duas vezes e fechou a partida.

Um dos motivos para que o espanhol não desistisse de participar da competição em Londres, apesar do problema físico, foi a chance de obter uma conquista inédita no ano em que retomou a liderança do ranking mundial. Com 75 títulos na carreira, Nadal nunca venceu o ATP Finals.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Blog Saque e Voleio
Blog de Esportes
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
UOL Esporte
Redação
AFP
Blog Saque e Voleio
Redação
AFP
Fernando Meligeni
Blog Saque e Voleio
UOL Esporte
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
AFP
AFP
AFP
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
AFP
Blog Saque e Voleio
Fernando Meligeni
Blog Saque e Voleio
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
AFP
Redação
Redação
Redação
EFE
Topo