Topo

Tênis

Tenista revela que sofreu com violência do pai durante sua carreira

Vadim Ghirda/AP
Jelena Dokic revelou ter sido vítima da violência de seu pai Imagem: Vadim Ghirda/AP

Do UOL, em São Paulo

13/11/2017 15h32

Tenista de 34 anos de idade, Jelena Dokic revelou que sofreu com agressões do seu pai durante sua carreira profissional na modalidade. A esportista está lançando sua biografia, intitulada "Unbreakable" – ou "Inquebrável", em tradução livre –, na qual dá maiores detalhes sobre a violência que sofreu.

"Ele me batia com realmente muita violência. Basicamente, começou quando eu comecei a jogar tênis. Desde então não parou, entrando em uma espiral que saiu de controle", declarou Dokic, em entrevista à emissora australiana "Network Ten".

As revelações foram feitas após a Federação Australiana de Tênis divulgar nota dizendo se preocupar com o bem-estar da tenista, que nasceu na Croácia e se naturalizou australiana.

"Você chega em uma fase depois que acontece por alguns anos em que é apenas sua rotina e você aceita como se fosse, digamos, normal. É sobre isso que minha vida é, é com isso que eu tive que lidar em uma base literalmente diária. Sempre havia algo mesmo se não fosse físico, o que era muito raro, era emocional. Sempre tinha alguma coisa que eu não fiz certo", explicou.

"Era difícil porque eu estava crescendo. Tinha 17 ou 18 anos de idade e não estava parando, e eu sabia que ele estava motivado pelo dinheiro. Eu constantemente tentava jogar bem e ganhar mais, mas não era o suficiente. Eu estava realmente quebrada por dentro e era muito difícil para mim jogar um esporte profissional que é muito brutal", completou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!