Esporte

Hewitt deixa a aposentadoria e voltará nas duplas no Aberto da Austrália

AP Photo/Mark Baker
Lleyton Hewitt, tenosita australiano que fará despedida no Aberto da Austrália Imagem: AP Photo/Mark Baker

Do UOL, em São Paulo

14/12/2017 14h13

O australiano Lleyton Hewitt decidiu abandonar a aposentadoria e voltará a competir no Aberto da Austrália. O ex-número 1 do mundo jogará na chave de duplas, no próximo mês.

Hewitt anunciou a aposentadoria no início de 2016, mas desde então, já disputou a Copa Davis e a edição do Wimbledon daquele ano.

O seu retorno em um Grand Slam será no seu país e ao lado de seu compatriota Sam Groth, 30 anos.

“Vai ser divertido voltar às quadras. É sobre isso que o Aberto da Austrália é. Eu e Sam estamos batendo um monte de bolas, todos os dias e não estamos indo apenas por ir, fazendo números. Queremos uma chance justa”, disse Hewitt, em entrevista ao jornal Herald Sun.

Jogando individualmente, Hewitt nunca venceu o Grand Slam em sua casa. Na edição de 2005, ele foi até a final mas ficou com o 2º lugar, ao cair para o russo  Marat Safin. Ele consagrou-se campeão no Aberto dos Estados Unidos, em 2001, e em Wimbledon, em 2002.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo