Topo

Tênis

Dores no ombro adiam retorno de Novak Djokovic às quadras

Matthew Childs/Reuters
Novak Djokovic sentiu dores e abandonou partida contra Tomas Berdych em Wimbledon Imagem: Matthew Childs/Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/12/2017 09h27

O ombro direito de Novak Djokovic vai adiar seu retorno às quadras. Nesta sexta-feira (29), o tenista sérvio, que voltaria às quadras em Abu Dhabi, afirmou que teve de desistir de torneio amistoso por conta de dores no local.

"Estou terrivelmente decepcionado por ser forçado a desistir do Modabala World Tennis Championship. Infelizmente, nos últimos dias eu comecei a sentir dor no ombro, e após vários testes minha equipe médica me aconselhou a não arriscar nada, a desistir do torneio e a imediatamente continuar com as terapias", disse Djokovic, por meio de comunicado publicado em seu site oficial.

O tenista não entra as quadras desde julho, quando abandonou partida contra Tomas Berdych nas quartas de final em Wimbledon. Depois disso, o sérvio foi submetido a cirurgia no ombro direito após lidar com dores no local durante o Grand Slam.

Djokovic voltaria às quadras nesta sexta-feira, contra Roberto Bautista Agut, no torneio amistoso disputado em Abu Dhabi. No entanto, as dores no ombro operado adiaram seu retorno ao tênis profissional.

"Estou muito triste porque estava ansioso para voltar a jogar partidas oficiais. Gostei dos treinos e tudo que eu fiz para me preparar para o começo da temporada, incluindo o torneio em Abu Dhabi, onde eu sempre gosto de jogar. Agora, preciso aceitar essa situação e esperar o resultado das terapias para começar a jogar tênis de novo e recuperar o ritmo. Isso pode afetar o começo da temporada e o planejamento para os torneios, mas essa decisão será tomada nos próximos dias", afirmou o esportista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!