Tênis

Serena diz que filha a ajudará a entrar no livro dos recordes do tênis

Vogue/Reprodução
Serena Williams e a filha Olympia na capa da revista "Vogue" de fevereiro Imagem: Vogue/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/01/2018 13h45

Mãe da recém-nascida Olympia, a tenista Serena Williams ainda se prepara para voltar as quadras, mas já pensa com carinho na possibilidade de se mudar para San Francisco para poder cuidar da filha. Capa da revista “Vogue”, a atleta americana revelou o desejo de se dedicar exclusivamente à maternidade, porém disse que suas ambições profissionais ainda a instigam a competir no circuito da WTA e que a filha a ajudará a atingir os objetivos.

“Tem algo muito atrativo sobre a ideia de se mudar para San Francisco e apenas ser uma mãe. Mas ainda não. Talvez não seja necessário falar, mas preciso dizer de uma forma poderosa: eu com certeza quero mais Grand Slams. Estou ciente do livro dos recordes, infelizmente. Não é um segredo que eu miro 25”, declarou Serena.

Dona de 23 títulos de Grand Slam, Serena Williams quer se tornar a maior vencedora da história da modalidade. Para isso, precisa de mais duas conquistas, pois a ex-tenista Margaret Court somou 24 taças entre os anos 1960 e 1970.

Para ajudar neste desejo, a americana diz que Olympia a ajuda muito, pois coloca em perspectiva a importância das vitórias em cada partida.

“Na realidade, acho que ter um bebê pode ajudar. Quando eu fico muito ansiosa eu perco jogos e sinto que a ansiedade desapareceu quando Olympia nasceu”, afirmou. “Sabendo que eu tenho essa linda bebê para encontrar em casa me faz sentir que eu não tenho que jogar outra partida. Eu não preciso do dinheiro, os títulos ou o prestígio. Eu quero eles, mas não preciso deles. É uma sensação diferente para mim.”

Soberana no esporte nesta década, Serena Williams também afirmou que venceu mais do que esperava ao longo da carreira, durante a qual havia deixado de lado o sonho de ser mãe, algo que tinha desde criança.

“Não vamos ficar um dia separadas até ela completar 18 anos. Agora eu tenho 36 e olho para o meu bebê, eu lembro que isso foi um dos meus objetivos quando eu era pequena, antes do tênis tomar conta, quando eu ainda era uma menina normal que brincava com bonecas. Meu deus, eu amava minhas bonecas”, recordou.

Apesar de ter planejado seu retorno do Aberto da Austrália, Serena sofreu com complicações de saúde após o parto de Olympia e necessitou adiar a volta às quadras. De acordo com o treinador da tenista, ela estará apta a jogar a partir de março, em Indian Wells ou Miami.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Esporte
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Redação
AFP
AFP
Blog Saque e Voleio
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
Redação
Reuters
Redação
EFE
AFP
Blog Saque e Voleio
Redação
Blog Saque e Voleio
Redação
Redação
Redação
AFP
EFE
EFE
Blog Saque e Voleio
EFE
AFP
Redação
Redação
Redação
Blog Saque e Voleio
Topo