Topo

Tênis

Federer supera freguês e chega a 14ª semi em 15 anos no Aberto da Austrália

Saeed Khan/AFP
Roger Federer durante jogo contra Tomas Berdych no Aberto da Austrália Imagem: Saeed Khan/AFP

Do UOL, em São Paulo

24/01/2018 08h49

Cinco games a dois a favor de Tomás Berdych e um Roger Federer que parecia perdido. O começo do primeiro set das quartas do Aberto da Austrália parecia promissor ao tcheco, mas bastou uma “piscada” para que o suíço ex-número do mundo voltasse ao jogo, tirasse a desvantagem e dominasse o seu eterno “freguês” para vencer por 3 sets a 0, parciais 7/6 (7-1), 6/3 e 6/4.

Impecável depois de um começo ruim, Federer garantiu sua passagem para a 14ª semifinal nos últimos 15 anos em Melbourne e segue em busca do seu sexto título no primeiro Grand Slam do ano. Atual campeão, ele agora terá pela frente o sul-coreano Hyeon Chung, sensação que depois de eliminar Djokovic nas oitavas se garantiu nas semifinais ao vencer o norte-americano Tennys Sandgren por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 7/6 (7-5) e 6/3.

Contra Berdych, Federer agora tem o retrospecto de 20 vitórias e apenas seis derrotas, a última em 2013. São nove triunfos consecutivos contra o tcheco, que mais uma vez não conseguiu demonstrar armas para surpreender um suíço que começou o jogo titubeando.  Porém, depois que encaixou seu jogo, Federer só foi incomodado em seu saque no terceiro set, mas com duas quebras em sequência não perdeu o controle até chegar à vitória.

Atual número dois do mundo, Federer busca seu 20º título de Grand Slam. Mesmo que seja campeão, o suíço não irá ultrapassar Nadal no ranking da ATP, já que o espanhol chegou às quartas de final, o suficiente para mantê-lo no topo.

Porém, com a eliminação de Nadal diante do croata Marin Cilic na última terça-feira, Federer desponta como grande favorito ao título. Se passar pela sensação Hyeon Chung, ele irá encarar na decisão o vencedor do duelo entre Cilic e o britânico Kyle Edmund.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!