Topo

Tênis

Organizadora de Wimbledon afasta presidente após acusação de abuso sexual

Getty Images
Martin Corrie concede entrevista coletiva após treino da seleção britânica feminina de tênis Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/03/2018 17h09

De acordo com reportagem da emissora britânica "BBC", Martin Corrie, presidente da Lawn Tennis Association (LTA), foi afastado do cargo após acusação de assédio sexual contra um de seus ex-funcionários. A entidade é a organizadora do Grand Slam de Wimbledon.

Por meio de comunicado a LTA admitiu que havia encomendado uma investigação após queixa realizada em dezembro relativa a um incidente ocorrido em 2004.

“Este caso diz respeito a um treinador que trabalhou na LTA do Condado de Hertfordshire quando eu era membro do comitê executivo, que foi investigado e sancionado pelo comitê disciplinar da LTA na época. Portanto, de acordo com o conselho da LTA, acredito que é certo me afastar da minha presidência durante o curso desta investigação”, disse Corrie.

Na ausência de Corrie, o vice-presidente David Rawlinson fica responsável pela LTA.