Topo

Esporte

Após cirurgia e período fora, Murray anuncia retorno visando Wimbledon

Toby Melville/Reuters
Andy Murray comemora ponto conquistado contra Sam Querrey em Wimbledon Imagem: Toby Melville/Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/03/2018 19h08

Andy Murray não joga uma partida oficial desde julho de 2017, quando foi eliminado nas quartas de final de Wimbledon. Mas nesta quinta-feira, de forma surpreendente, o escocês de 30 anos, que passou por cirurgia no quadril em janeiro, anunciou a data de sua volta: entre os dias 11 e 17 de junho, no Aberto de Libema, torneio em quadra de grama na Holanda.

“É a maneira perfeita para eu me preparar para Wimbledon. Já ouvi muitas coisas boas sobre a competição, as quadras parecem boas”, disse o tenista à BBC Sport.

Ex-número 1 do mundo, o atleta bicampeão de Wimbledon tinha por pretensão retornar às quadras em janeiro, mas foi impedido por conta de os tratamentos de fisioterapia e fortalecimento físico não surtirem o efeito esperado. Até por isso, ele optou pelo procedimento cirúrgico, realizado em Melbourne, na Austrália.

A última vez em que Murray esteve presente em torneios na Holanda foi em 2015, no Aberto de Roterdã. Na oportunidade, caiu nas quartas de final.

Andy Murray voltou aos treinos na última segunda-feira. Caso a recuperação avance como o previsto, e o atleta não sinta mais dores, é possível ainda que ele dispute, em maio, um dos torneios classificatórios para Wimbledon - marcado para acontecer entre os dias 2 e 15 de julho -, em Glasgow (Escócia) ou Loughborough (Inglaterra).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte