Topo

Tênis

Serena diz ter medo de não conseguir voltar a ser melhor do mundo no tênis

Crystal Chatham/AP
O próximo desafio de Serena nas quadras é o torneio de Roland Garros Imagem: Crystal Chatham/AP

Do UOL, em São Paulo

02/05/2018 08h49

Atual número 449 no ranking mundial do circuito WTA, Serena Williams disse que sente medo de não conseguir retornar à liderança no tênis. A atleta se afastou da modalidade para viver a maternidade e, em série da “HBO”, ela revelou seus medos após o parto complicado para dar à luz à pequena Alexis Olympia.

“Não há nenhuma maneira de escapar do medo: medo de não voltar a ser forte como eu era, medo de não ser a melhor mãe e não retornar a ser a melhor jogadora de tênis do mundo”, disse a tenista na série Being Serena.

Vencedora de 23 torneios de Grand Slam, Serena Williams também contou o que sentiu no dia de seu parto: “Estava aterrorizada. Era um tipo de medo completamente novo. Não tinha sentido antes. Nunca em minha vida tinha me sentido tão insegura”.

Serena retornou ao circuito WTA em Indian Wells. A americana, que teve uma filha em setembro, não disputava um torneio oficial desde o Aberto da Austrália de janeiro de 2017, no qual foi campeã.

As complicações pós-parto atrasaram o retorno de Serena às quadras. Após dar à luz a filha Alexis Olympia Ohanian Jr. em setembro de 2017, ela voltou a jogar no fim de dezembro e perdeu uma partida de exibição contra a letã Jelena Ostapenko.

Sem estar em sua melhor forma física, a ex-número um do mundo desistiu do Aberto da Austrália. Ela jogou em fevereiro uma partida de duplas pela Fed Cup. Em março ela disputou o Masters 1000 de Indian Wells e o WTA Premier de Miami.

O próximo desafio de Serena nas quadras é o torneio de Roland Garros, que começa no dia 27 de maio. “Eu ainda tenho muito tênis para jogar”, falou a atleta.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!