UOL Esporte Top 5

Top 5 - Vôlei Futuro é o time mais chato e coleciona polêmicas; veja algumas

Maior investimento da temporada, o Vôlei Futuro despontou como um dos favoritos ao título da Superliga masculina. Dentro de quadra, ainda busca evolução. Fora delas, é líder absoluto em um quesito: é o time mais chato de enfrentar, segundo técnicos e jogadores. E a equipe de Araçatuba já coleciona polêmicas na temporada. Confira algumas:

CONFUSÃO COM A CIMED

Montagem UOL/Divulgação

Cimed e Vôlei Futuro fizeram bela partida finalizada só após cinco sets. Mas uma confusão após o jogo roubou a cena e ofuscou a vitória catarinense. Os meio de rede Luizinho (d), do Vôlei Futuro, e Jardel (c), da Cimed, se desentenderam e chegaram até a ser denunciados por agressão física. Acabaram absolvidos, mas foram enquadrados em um outro artigo do código de Justiça Desportiva e pegaram dois jogos de gancho. O líbero Daniel (e), que não foi nem relacionado pela equipe de Araçatuba, invadiu a quadra e também foi punido.

STJD PUNE ATLETAS DE VÔLEI FUTURO E CIMED

BRIGAS EXPÕEM LADO SEM 'FAIR PLAY' DO VÔLEI


POLÊMICA ENTRE COMPANHEIROS DE SELEÇÃO

CBV/Divulgação

O líbero Escadinha e o oposto Leandro Vissotto foram companheiros de seleção brasileira. Mas ao defender cores diferentes, campeões mundiais se estranharam. O defensor do Sesi se recusou a cumprimentar o rival do Vôlei Futuro na rede após a 2ª partida da final do Paulista após dizer que Vissotto desrespeitou a equipe da capital. O gigante de 2,12m atravessou a rede e foi cobrar satisfações. Daniel entrou na confusão. No jogo de volta, os protagonistas se entenderam e se abraçaram. O levantador Ricardinho festejou estar fora da polêmica.

CAMPEÕES MUNDIAIS SE ESTRANHAM EM BRIGA

RICARDINHO FORA DE BRIGA; RIVAIS SE ACERTAM


INDIGNAÇÃO DO MINAS

Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

Em mais um jogo disputado e finalizado somente após cinco sets, o Vôlei Futuro participou de polêmica. Minas perdeu em casa e reclamou muito da arbitragem, que teria favorecido o time paulista. Experiente, Henrique foi denunciado por ofender a arbitragem e foi suspenso por quatro partidas. Outros dois jogadores também pegaram ganchos. Dirigentes do Minas foram punidos com suspensão e multa e o próprio clube chegou a perder mando de quadra. Mas pouco tempo depois, o STJD anunciou redução em algumas penas aplicadas.

MINAS PERDE MANDO E TEM ATLETAS PUNIDOS

BRIGAS EXPÕEM LADO SEM 'FAIR PLAY' DO VÔLEI


CAMPEÃO MUNDIAL SUSPENSO

Vôlei Futuro/Divulgação

Mário Júnior foi um dos protagonistas do Mundial da Itália ao ser o primeiro a admitir que o Brasil entregou o jogo para a Bulgária. Pelo Vôlei Futuro, o campeão mundial também causou polêmica e foi suspenso. Na vitória do Sogipa por 3 a 2, o líbero disse: "Tu, tu e tu é ladrão, eu sou seleção", segundo relatado na súmula. Com a atitude, o jogador foi denunciado com base no artigo 258 do código de Justiça Desportiva: "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva". Acabou suspenso por apenas uma partida.

MÁRIO JÚNIOR PEGA UM JOGO DE SUSPENSÃO

BRIGAS EXPÕEM LADO SEM 'FAIR PLAY' DO VÔLEI


VOLTA REDONDA FAZ B.O. POR AGRESSÕES

Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

O Volta Redonda saiu derrotado em duelo da 6ª rodada do returno. Um dia após o revés, a equipe fluminense emitiu nota criticando a arbitragem do jogo finalizado em cinco sets e ainda denunciou agressões sofridas no ginásio do Vôlei Futuro, em Araçatuba (SP). O clube chegou a fazer um boletim de ocorrência. O técnico do Volta Redonda acusa Cezar Douglas de tê-lo empurrado. Mas em conversa com o UOL Esporte, o Vôlei Futuro Negou as agressões e justificou que o treinador dos paulistas apenas não cumprimentou o comandante rival.

VOLTA REDONDA DENUNCIA AGRESSÕES EM SP

BRIGAS EXPÕEM LADO SEM 'FAIR PLAY' DO VÔLEI


Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host