UOL Esporte Top 5

Top 5: fatos que marcaram a participação do Atlético-MG na Copa do Brasil

Clube com maior número de participações na história da Copa do Brasil, 21 vezes, ao lado do Vitória-BA, o Atlético-MG, que nunca conquistou o título da competição e chegou quatro vezes às semifinais, conta ao longo das participações com eliminações marcantes diante do seu torcedor e também com feitos históricos. A equipe mineira fará a sua estreia na Copa do Brasil de 2011 nesta quarta-feira, diante do modesto Iape, em São Luis, no Maranhão, e o UOL Esporte relembra alguns desses fatos que se destacam nas participações atleticanas na competição nacional.

Maior goleada da história da competição

Bruno Cantini/site do Atlético-MG

O Atlético-MG detém o posto de time que conquistou a maior vitória na história da Copa do Brasil, feito este que está perto de completar 20 anos. Em 4 de março de 1991, o alvinegro mineiro venceu o Caiçara, do Piauí, por 11 a 0, no Independência, em Belo Horizonte. Curiosamente, o placar do estádio só possuía espaço para registrar um algarismo por clube, por isso parou de contar quando jogo ainda estava 9 a 0. À época, o atacante Gerson, já falecido se tornou o primeiro jogador a marcar cinco gols em uma mesma partida da Copa do Brasil. Na estreia atleticana ano passado, contra o Juventus, do Acre, Obina (f), que já deixou o clube, também fez cinco na goleada por 7 a 0.


Eliminação para São Paulo impede clássico mineiro na final

Arquivo/Folha

O Atlético-MG foi eliminado na semifinal da Copa do Brasil de 2000 pelo São Paulo. O primeiro jogo ficou em 3 a 0 para o tricolor paulista, no Morumbi, e o segundo ficou empatado por 3 a 3. Com o resultado, o time de Rogério Ceni (f) classificou-se para a decisão do título e evitou o confronto que era esperado, em Minas, com grande expectativa: o clássico estadual entre Atlético-MG e Cruzeiro. Pior para o time atleticano é que seu arquirrival ficou com o título do torneio à época.


Vítima duas vezes da 'febre amarela'

Marinho Saldanha/UOL Esporte

O Atlético-MG foi eliminado pelo Brasiliense na semifinal da Copa do Brasil de 2002. O time do Distrito Federal, que era pouco conhecido nacionalmente e jogava com uniforme amarelo, venceu o alvinegro mineiro por 3 a 0, em pleno Mineirão. No jogo de volta, em Taguatinga, a zebra se confirmou, e o Atlético voltou a ser derrotado, desta vez, por 2 a 1. Dessa forma, o Brasiliense, que era comandado pelo técnico Péricles Chamusca (f), disputou a final da competição diante do Corinthians, mas ficou com o vice-campeonato, após perder por 2 a 1, em São Paulo, e empatar por 1 a 1, no jogo de volta. A equipe candanga reclamou muito das arbitragens da decisão do título.


Eliminado pelo Botafogo com erro de Simon

Folha Imagem/Arquivo

Na partida de volta pelas quartas-de-final da Copa do Brasil de 2007, o Atlético-MG jogava por um empate para garantir sua vaga à fase semifinal da competição, após empatar por 0 a 0, no jogo de ida, disputado no Mineirão, em Belo Horizonte. No Maracanã, o Botafogo vencia por 2 a 1, quando, aos 47 minutos do segundo tempo, Tchô foi derrubado dentro da área. Carlos Eugênio Simon não marcou pênalti. Dias depois, o agora ex-árbitro admitiu seu erro, que gerou imensa revolta na torcida atleticana. Simon, que se aposentou no final do ano passado, nunca mais apitou um jogo do Atlético-MG.


Atlético, de Luxa, cai diante do Santos, de Dorival

Ricardo Nogueira/Folha Imagem

Considerado um dos grandes favoritos para a conquista da Copa do Brasil de 2010, em função do comando de Vanderlei Luxemburgo e também por ter investido em contratações de peso, o Atlético-MG foi eliminado para o Santos nas quartas de final do torneio. O fato curioso é que o comandante santista era Dorival Júnior, atual técnico atleticano. Em seu melhor momento no cenário nacional com Luxemburgo, o clube mineiro venceu o primeiro jogo, por 3 a 2, no Mineirão, com três gols de Diego Tardelli, mas acabou sendo eliminado pelo Santos de Neymar, Ganso, Robinho e companhia, na Vila Belmiro, por 3 a 1.


Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host