Topo

Esporte


Morte de jogador de hóquei recém-aposentado no Canadá é a terceira na modalidade desde maio

Do UOL Esporte

Em São Paulo

01/09/2011 15h28

Aposentado do hóquei desde março, o ex-jogador canadense Wade Belak foi encontrado morto nesta quarta-feira, em Toronto. Ele tinha 35 anos e passagens por cinco times da NHL. A polícia diz suspeitar de suicídio.

A morte de Belak é a terceira envolvendo ex-atletas da NHL nos últimos quatro meses. Derek Boogard, que atuava nos New York Rangers e tinha 28 anos, foi encontrado morto em seu apartamento em Miniapolis no mês de maio, após ter misturado – segundo a família acidentalmente - medicamentos com álcool. Em agosto o jogador Rick Rypien, que havia assinado contrato com os Winnipeg Jets e sofria depressão, também foi encontrado morto em casa.

Segundo o porta-voz da polícia de Toronto, Tony Vella, a corporação recebeu uma chamada no começo da tarde de quarta-feira e ao chegar ao hotel de onde veio a ligação encontrou Belak já morto em seu quarto. Ele afirmou que investigações estão sendo conduzidas para determinar a causa da morte.

Belak, que havia sido contratado para trabalhar como repórter durante as transmissões de uma emissora de TV, jogou 549 jogos em seus 14 anos de profissional na NHL, marcando oito gols e sendo responsável por 25 assistências. 

O canadense, que contabilizou também 1263 minutos em punições, atuou por Colorado Avalanche, Calgary Flames, Toronto Maple Leafs e Florida Panthers, antes de defender o Nashville, sua última equipe.

Depois da morte do atleta, Gary Bettman, comissário da NHL, diz que espera que a entidade reveja seus programas de saúde para melhor acompanhar os jogadores.

Mais Esporte