Topo

Esporte


Avalanche no Nepal mata diretor do Google e mais 17 alpinistas no Everest

Reprodução/Instagram
Reprodução do Instagram de Dan Fredinburg, executivo do Google morto no Nepal Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

2015-04-25T18:15:14

25/04/2015 18h15

Um grupo de alpinistas que planejava escalar o monte Everest morreu neste sábado (25) após ser atingido por uma avalanche, causada pelo terremoto de magnitude 7,9 graus que assolou o Nepal. A primeira vítima que teve a identidade divulgada foi Dan Fredinburg, executivo do Google que estava na expedição - as informações sobre o restante das vítimas ainda são desconhecidas

"Aqui é a irmã do Dan, Megan. Eu lamento informar todos que o amaram que, durante a avalanche no Everest na manhã deste sábado nosso Dan sofreu uma grave lesão na cabeça e não sobreviveu. Nós agradecemos todo o amor que nos tem sido passado e sabemos que a alma e o espírito dele vai viver em muitos de nós. Todo nosso amor e agradecimentos àqueles que dividiram essa vida com o nosso homem forte e hilário preferido. Ele era e continua sendo tudo para nós", disse a mensagem postada no perfil do executivo, acompanhada de uma das últimas fotos dele. 

Segundo o Re/Code, site americano especializado em tecnologia, Fredinburg é um alpanista experiente e foi um dos responsáveis pela criação e desenvolvimento do Google Adventure. O projeto da gigante da internet se propõe a usar as ferramentas do Google Street View para levar ao usuário imagens de lugares radicais como o Everest. 

De acordo com Reuters, ao menos 18 alpinistas estavam abrigados em um acampamento-base quando foram atingidos pelo deslizamento. Estima-se que cerca de 300 mil turistas estejam no país para a temporada de alpinismo. O local, situado entre a Índia e a China, é um dos pontos preferidos dos praticantes de esportes radicais. 
 
Além dos esportistas, 1.100 pessoas morreram vítimas do terremoto que atingiu o Nepal, considerado o mais forte dos últimos 81 anos. No pior desastre da história do país, em 1934, mais de 8 mil pessoas morreram devido aos estragos provocados por um terremoto. 
 
Ainda segundo informações da agência de notícias, o governo já pediu ajuda internacional para reparar os estragos causados pelo terremoto. A Índia já enviou aeronaves militares com equipamentos médicos e equipes de resgate para auxiliar os trabalhos. 

Mais Esporte