Esporte

Rússia aprova nova lei que criminaliza incitação ao doping, diz agência

VASILY MAXIMOV/AFP
Ministro do esporte russo, Vitaly Mutko, teria encoberto casos de doping Imagem: VASILY MAXIMOV/AFP

Da Reuters, em Moscou (Rússia)

03/11/2016 16h00

A Rússia, cujos esportistas da equipe de atletismo foram banidos dos Jogos do Rio-2016 após a descoberta de um escândalo de doping patrocinado pelo Estado, aprovou uma lei que torna a incitação ao doping um crime, segundo a agência de notícias RIA Novosti.

Treinadores e especialistas em medicina esportiva que induzirem atletas a usarem substâncias para aumento de performances agora enfrentam fortes punições, incluindo prisão, de acordo com a nova lei aprovada pela câmara baixa do Parlamento russo.

Punições podem variar de multa de até US$ 4,7 mil a sentença de prisão de até um ano e banimento de certas posições profissionais por até três anos, dependendo da seriedade.

Caso a ação leve à morte de um esportista ou outras consequências sérias, a pessoa responsável pode ser presa por até três anos.

"Isto mais uma vez destaca que as políticas de nosso governo absolutamente não irão tolerar doping e especialmente estes treinadores que estão tentando pressionar atletas menores de idade para usarem substâncias proibidas", disse o presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexander Zhukov, em entrevista à Tass.

"Isto é, claro, uma resposta aos críticos estrangeiros que acusaram nosso país de ter algum tipo de programa estatal que apoia o doping. Sem dúvida, nunca houve tal programa", acrescentou.

A Rússia foi suspensa do atletismo internacional em novembro de 2015 após uma investigação descobrir evidências de amplo uso de doping e corrupção.

Esportistas das equipes de atletismo e levantamento de peso foram excluídos da Rio 2016, em agosto, enquanto toda a equipe olímpica russa para a Paralimpíada, em setembro, foi banida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo