Topo

Esporte

Juiz autoriza devolução de passaporte a irlandês acusado de cambismo no Rio

AFP PHOTO / Jack GUEZ
Patrick Hickey, ex-presidente do Comitê Olímpico da Irlanda, foi preso em agosto Imagem: AFP PHOTO / Jack GUEZ

Do UOL, em São Paulo

13/12/2016 19h30

O juiz Marcello Rubioli, titular do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos, autorizou nesta segunda-feira (12), a devolução do passaporte do ex-presidente do Comitê Olímpico da Irlanda, Patrick Hickey, acusado de venda ilegal de ingressos nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, e fixou fiança para seu compatriota Kevin Mallon, apontado como seu "braço direito" na operação.

Para receber seu passaporte de volta, Hickey terá que assinar um compromisso de comparecimento a todos os atos de seu processo no Brasil. Já Mallon terá que pagar fiança de R$ 750 mil para ter seu passaporte também devolvido.

Hickey já havia sido autorizado pela Justiça a sair do Brasil em novembro, desde que pagasse uma fiança de R$ 1,5 milhão e assinasse o termo. Segundo os advogados do irlandês, o montante já foi pago.

Então presidente do Comitê Olímpico da Irlanda, Hickey foi preso no dia 17 de agosto e saiu da cadeia no dia 29 do mesmo mês, após a concessão de um habeas corpus. Quando foi preso em seu quarto de hotel na Barra da Tijuca, o irlandês estava com 823 ingressos para diversos eventos concorridos da Olimpíada.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte