Esporte

Super Bowl a 12 dólares? Hoje inflacionado, ingresso já valeu mixaria

AP Photo/Charlie Riedel
Imagem: AP Photo/Charlie Riedel

Fábio Aleixo

Do UOL, em São Paulo

01/02/2017 04h00

Já imaginou pagar apenas US$ 12 (R$37 na cotação atual) para poder assistir no estádio ao Super Bowl? Quem viveu na década de 1960 teve o privilégio. Este foi o preço médio de um tíquete para a decisão entre Kansas City Chiefs e Green Bay Packers realizada no Coliseu de Los Angeles, em 1967. Foi a primeira edição do evento.

O valor, hoje considerado uma mixaria, se manteve até a terceira partida do Super Bowl. No quarto ano, pulou para US$ 15 e depois disso o valor só foi aumentando, chegando na casa das centenas e depois dos milhares.

Levantamento feito pelo site Ticketcity - site dos Estados Unidos especializado em revenda - aponta que o preço médio do bilhete para o duelo de domingo entre Atlanta Falcons e New England Patriots pelo Super Bowl 51 em Houston é de US$ 4.744 (R$ 14,73 mil). Na mesma página, o ingresso mais barato é comercializado a US$ 1.862 (R$ 5.780), mas em assentos com visão obstruída ou parcial do campo.

Reprodução
Ingresso da primeira edição do Super Bowl Imagem: Reprodução

Outro site de revenda, o Stub Hub tem a entrada mais barata a US$ 1.950 (R$ 6.053) na parte superior da arquibancada, na diagonal do campo.

A revenda em sites oficiais é praticamente a única maneira para um torcedor comum conseguir assistir in loco ao Super Bowl. Ou então é preciso ter muita sorte. Quem tiver interesse em ir à partida, precisa mandar uma carta para NFL entre 1 de fevereiro e 1 de julho do ano anterior à decisão expondo este desejo. A partir disso é feito um sorteio.

Para o Super Bowl deste ano, a NFL distribuiu os ingressos dessa maneira: 17,5% dos bilhetes são para os fãs de cada finalista (Atlanta e New England), 5% para a torcida do time da casa (Houston Texans), 34,8% para os demais torcedores e 25,2% ficam com a NFL para distribuir para patrocinadores e jornalistas.  

O preço cobrado por eles não difere muito dos comercializados nos sites de revenda. Um ingresso na parte superior da arquibancada - o mais barato - custa US$ 1.250 (US$ 3.902).

Para se ter uma ideia de como o valor de um tíquete foi inflacionado ao longo de 50 anos, basta ver o valor de uma Coca-Cola. Em 1967, uma garrafa de 290ml do refrigerante era vendida a apenas 15 centavos de dólar. Hoje, o preço quintuplicou e pode ser comprada por 75 centavos. Já o preço médio de um tíquete do Super Bowl teve seu valor aumentado 395 vezes. 

Com o dinheiro que se gasta hoje com um ingresso, em 1967 seria possível comprar um carro de última geração. Naquela época, o salário mínimo do americano era de US$ 1,40 por hora. Com pouco mais de um dia de trabalho, seria possível ir ao Super Bowl. Hoje, o valor nacional é de US$ 7,25 e são necessárias pelo menos 172 horas de trabalho, o que em uma jornada de oito horas por dia totalizaria 22 dias.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo