Esporte

Naiara Azevedo foi boicotada na música por gordofobia. Mas Daiane a ajudou

Francisco Cepeda/AgNews
Naiara Azevedo sofreu preconceito por ser gorda e perdeu 33kg graças ao crossfit Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

Felipe Pereira e Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

18/09/2017 04h00

Naiara Azevedo explodiu no país inteiro com os versos de ‘50 reais’ que caíram na boca da galera. Hoje, é um dos principais nomes da música sertaneja no Brasil, tem milhões de seguidores nas redes sociais e faz mais de 20 shows por mês. Mas todo esse sucesso esteve próximo de não se concretizar. Naiara sofreu muito preconceito por ser considerada ‘gorda’ e quase foi obrigada a desistir da carreira.  

Não foi fácil mesmo. Foram ‘nãos’ e mais ‘nãos’. Mas ela encontrou forças ao se inspirar em uma pessoa que não canta, mas também lidou fundo com a própria dor para alcançar o estrelato. A ginasta Daiane dos Santos sofreu com um batalhão de lesões na carreira, mas ainda assim se tornou uma das principais atletas da ginástica brasileira na história.

“Você vê uma pessoa em busca de um sonho, em busca de uma medalha, em busca de um título, assim como a gente ia em busca de um sonho de conseguir um lugar na música. Muitas vezes ela se lesionou, ela chorou, ela estava vivendo um misto de alegria com dúvida: ‘Será que eu vou conseguir? Será que eu vou conseguir chegar até o final?’. E a gente na música também é dessa forma. ‘Será que eu vou conseguir, será que eu vou chegar ao final?’. E a insistência mesmo com a dor. Porque a dor que a gente sente é a dor da tristeza, a dor da saudade, a dor das incertezas, a dor do ‘não’ na cara. E ela mesmo com dor foi em frente, independente da dor, ela arriscou tudo e foi para cima. E eu me identifico com isso também. Independente da dor, da lesão, do sofrimento, do ‘sim’ ou ‘não’, eu fui para cima e, assim como a Daiane, eu consegui. Eu vejo dessa forma”, conta.

AP
Imagem: AP

Hoje, com um largo sorriso no rosto, Naiara comemora as conquistas. E sabe que já garantiu suas medalhas de ouro. Cada passo que dá na carreira representa o lugar mais alto do pódio. Pode ser o lançamento de um DVD, um show lotado - ou até um show vazio mas com fãs que viajaram quilômetros só para vê-la-, conseguir emocionar pessoas com a sua música e servir de inspiração para outras tantas. Tudo é vitória.

Mas ela não esquece tudo o que passou e (pior!) tudo o que ouviu. “O que eu mais tive na vida foi ‘não’. ‘Você não vai dar certo porque você é gorda, você não vai dar certo porque você é mulher e mulher cantando sertanejo não vai dar certo. A sua voz não combina, desiste, isso não é para você’. Eu já ouvi pessoas rindo da minha cara: ‘para com isso, você está errada. Vai para outro caminho, segue outra profissão, porque eu sou formada em estética. Vai faz outra coisa’. Eu ouvi muito isso das pessoas e quanto mais as pessoas me falavam isso, mais eu falava: ‘ não, meu Deus é muito maior, a minha fé é muito maior, a minha força é muito maior. Eu acredito em mim”.

E ela só acreditou tanto porque também alguém muito especial viveu junto o sonho. O marido Rafael Cabral sempre deu o empurrão quando ela pensava em ir para trás. Foram várias as vezes em que ele bateu na porta de empresários e profissionais do meio musical para que contratassem o show de Naiara, mas a resposta era sempre a mesma. Ele relata que ela até pensou em jogar a toalha: “Rafael, eu não aguento mais não. É muita porta na cara. É muita dificuldade. Para a gente parece que tudo é mais difícil’. Mas ele não deixou.

“Uma coisa que machuca muito é pegar na vaidade da mulher, no ego e beleza da mulher. A Naiara era muito ferida nessa questão porque na época ela era muito gordinha. Tinha um rapaz aqui em São Paulo que levava os artistas, colocava música em novela, colocava alguns artistas em programa de televisão. Eu vim conversar com ele aqui e ele falou: ‘oh Rafael, não dá para trazer a Naiara porque ela é gorda’. Teve contratante, que nós fizemos um show num lugar para 800 pessoas, não deu 50 pagantes: ‘porque ela é gorda’. Então isso tudo chegava no ouvido dela. Isso magoou muito ela. Igual eu falei, ela teve todos os porquês de desistir porque na época tudo era mais difícil. O pessoal rotulava ela como gorda”. Hoje, não esconde a satisfação em ver o sucesso da esposa. “Essa mulher me enche de orgulho. Não só por ser minha esposa, e sim eu sei de todo o processo, toda dificuldade e por eu amar tanto essa pessoa eu fico muito orgulhoso por isso”.

Crossfit ajudou Naiara a emagrecer 33 kg

Depois de Daiane dos Santos, mais uma vez a influência do esporte foi fundamental para a transformação de Naiara. A reviravolta se concretizou no lançamento do DVD ‘Totalmente Diferente’ que apresentou para o mundo o hit “50 reais”, mas começou antes disso.

A gordinha boicotada na música decidiu mudar. Incentivada por um amigo personal trainer, entrou de cabeça no Crossfit e no pilates (também fechou a boca) e perdeu respeitáveis 33kg. O novo shape foi fundamental não só para a aparência, mas também para a música. Hoje, com sua agenda lotada de até 28 shows em um mês, ela não consegue ter uma rotina tão certinha, mas sempre que pode corre para a musculação e para a esteira entre um aeroporto e outro.

“O esporte me deu toda uma estrutura para eu conseguir ter o pique que eu tenho no palco hoje: dançar, pular, fazer dois, três shows em uma noite, naquela super energia. Foi fundamental. Se eu voltasse a fazer um esporte hoje todos os dias, o crossfit seria uma boa. Hoje por causa da correria eu faço musculação, é mais prático porque crossfit tem que ter instrução por perto. Então eu vou mais na esteira, corridinha na esteira, às vezes um agachamento para as pernas, mas sinto falta do crossfit”.

O marido Rafael revela também que ela escapou de uma cirurgia por causa graças ao esporte.  “Ela tinha problema no joelho, ou ela emagrecia ou ela fazia uma cirurgia. Então ela optou por emagrecer. Para a vida pessoal dela teve mais benefícios do que para a própria carreira”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo