Esporte

OJ Simpson deixa a prisão após nove anos

Do UOL, em São Paulo

01/10/2017 09h14

O ex-jogador da NFL OJ Simpson foi soltou na madrugada deste domingo (01), nos Estados Unidos, após nove anos preso em liberdade condicional

A porta-voz do Departamento de Correções de Nevada disse que o ex-jogador de 70 anos deixou o local com um amigo não identificado. “Eu disse para ele não voltar mais e ele disse que pretende não voltar. Ele parecia feliz por voltar à vida. Nossa principal preocupação era a segurança dele e e de todos e não estávamos esperando ninguém. Fizemos para nem os fotógrafos o seguir. Ele saiu quieto e olhou para baixo porque não queria ser fotografado”, disse Booke Keast.

Em 2007, o ex-jogador se envolveu em uma confusão dentro de um cassino em Las Vegas, nos Estados Unidos. No episódio, Simpson invadiu um quarto de hotel armado em busca de souvenires de seus tempos como atleta, acompanhado de alguns capangas. Simpson alegava que as relíquias de sua fase na NFL ainda pertenciam a ele, e não aos dois vendedores envolvidos.

Na penitenciária de Lovelock, de segurança máxima, OJ Simpson se manteve longe de confusões e tem dividido seu tempo jogando fantasy de futebol americano, treinando o time de softbol do presídio e cuidado da alimentação – perdeu 36 kg após ter engordado comendo mal. O bom comportamento e relação com outros detentos e guardas permitiu certas regalias ao ex-jogador, como furar filas do refeitório.

Ídolo do futebol americano, OJ Simpson se tornou uma figura controversa em 1994, quando foi julgado pelo assassinato da ex-mulher Nicole Brown e o amigo dela, Ronald Goldman - OJ era o único suspeito do caso. O ex-atleta foi inocentado criminalmente do caso em 1995 pelo júri, mas as sessões de tribunal e a sentença dividiram opiniões no país.

Dois anos depois, OJ Simpson foi condenado por um júri civil a pagar US$ 33,5 milhões aos familiares de Nicole e Ronald, algo que nunca aconteceu.

OJ Simpson ficou em liberdade, mas acabou condenado em 2008 pelo roubo à mão armada e sequestro em Las Vegas, crime sem nenhuma relação com o anterior, que motivou uma série de televisão, "American Crime Story: The People Vs. OJ Simpson", e o documentário "OJ: Made in America", este vencedor do último Oscar da categoria.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo