Esporte

Imprensa internacional destaca prisão de Nuzman no Rio de Janeiro

Reprodução
Nuzman é destaque no site da emissora CNN Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

05/10/2017 10h32

Os principais jornais e emissoras do mundo repercutiram nesta quinta-feira em seus sites a prisão do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Carlos Arthur Nuzman, durante a segunda fase da Operação Unfair Play no Rio de Janeiro.

“Polícia brasileira prende chefe olímpica em investigação sobre propina”, destaca o jornal britânico The Guardian. “Investigadores brasileiros alegam que Nuzman ajudou na propina de US$ 2 milhões para o Rio de Janeiro receber a Olimpíada”, completa.

Já o jornal espanhol “El Pais” destacou que o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) é investigado por uma suposta participação na compra de jurados para a eleição de Rio 2016’.

Na mesma linha, a emissora americana CNN diz que a prisão de Nuzman gerou repercussão imediata no Comitê Olímpico Internacional (COI), com a emissão de um comunicado oficial.

Responsável pela denúncia que originou a investigação, o “Le Monde” ressaltou que “Nuzman é acusado de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo