Topo

Esporte

COB criará comissão para desenvolver novo estatuto; Atletas participarão

Jonne Roriz/Exemplus/COB
Tiago Camilo será o representante dos atletas na elaboração do novo estatuto do COB Imagem: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Demétrio Vecchioli e Léo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/10/2017 17h59

Uma assembleia extraordinária realizada na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB) nesta quarta-feira (11) confirmou a renúncia de Carlos Arthur Nuzman e a criação de um novo estatuto da entidade. A reunião também serviu para definir Paulo Wanderley como novo presidente.

Estiveram presentes na reunião 27 presidentes de confederações brasileiras, além de representantes das entidades de futebol, lutas e rúgbi.

Presidente da Confederação Brasileira de Desportes Aquáticos (CBDA), Miguel Cagnoni classificou a reunião como “bastante satisfatória” e afirmou que os atletas terão participação direta na elaboração do novo estatuto do COB.

A expectativa é que o novo estatuto seja votado em até 40 dias. Participarão da elaboração do documento três presidentes de confederações (ciclismo, vela e judô) e o judoca Tiago Camilo, presidente da Comissão de Atletas do COB.

As mudanças na entidade máxima do esporte olímpico brasileiro acontecem após a prisão de Carlos Arthur Nuzman. O ex-presidente do COB é suspeito de participar de um esquema de compra de votos na eleição do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte