Esporte

COB demite secretário-geral de Nuzman após renúncia de ex-presidente

Bruno Kelly/Reuters
Nuzman é preso pela Polícia Federal Imagem: Bruno Kelly/Reuters

Do UOL, em São Paulo

01/11/2017 16h12

Pouco depois da saída de Carlos Arthur Nuzman, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) demitiu um dos principais homens de confiança do ex-presidente. Nesta terça-feira, o secretário-geral e diretor financeiro Sérgio Lobo foi desligado da entidade.

O executivo, que estava no COB desde 2002, era um dos braços direitos de Nuzman e tinha a responsabilidade de tomar todas as decisões administrativas no órgão.

Além de Lobo, outro homem de confiança de Nuzman dentro do COB era Agberto Guimarães. No entanto, o diretor de esportes segue na confederação, que agora é comandada por Paulo Wanderley.

Segunda saída

Lobo não foi o primeiro dirigente a deixar o COB após a saída de Nuzman. Em 9 de outubro, logo após a prisão do ex-presidente ter sido decretada, o general Augusto Heleno, ex-comandante das tropas do Exército brasileiro no Haiti, pediu demissão da entidade.

Ele era o responsável por dirigir o Instituto Olímpico e o departamento de Comunicação e Educação Corporativa do COB. General Heleno havia chegado ao cargo por convite de Nuzman.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo