Esporte

Agência Mundial Antidoping diz que obteve evidências de esquema na Rússia

Mark Runnacles/Getty Images
Craig Reedie, presidente da Wada, em entrevista coletiva Imagem: Mark Runnacles/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/11/2017 15h35

De acordo com reportagem do jornal americano "The New York Times", a Agência Mundial Antidoping (Wada) obteve dados digitais de exames feitos em atletas russos. Com isso, a entidade reguladora tem em mãos as informações que precisava sobre um esquema que beneficiou esportistas do país em várias Olimpíadas.

A Wada afirma ter em mãos dados de todos os testes realizados entre janeiro de 2012 e agosto de 2015. As informações não chegaram à entidade de modo oficial, e sim por meio de um informante.

Acredita-se que os dados dos exames dão importância ainda maior ao escândalo e pressionam o Comitê Olímpico Internacional a dar penas ainda mais pesadas para os atletas russos.

Antes mesmo da chegada das informações à Wada, acreditava-se que mil atletas russos se beneficiaram de um esquema de doping no país. Por isso, houve punição a esportistas da nação europeia na Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016.

Procuradas pelo "New York Times", autoridades do esporte russo não comentaram sobre o tema.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo