Topo

Esporte

Monumental, estádio que receberá o Super Bowl é um assassino de pássaros

Hannah Foslien/Getty Images
US Bank Stadium, estádio que receberá o Super Bowl, é um "assassino" de pássaros Imagem: Hannah Foslien/Getty Images

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

28/01/2018 04h00

Moderno, monumental, caríssimo e assassino. Este é o US Bank Stadium, palco do Super Bowl do próximo dia 4 de fevereiro, entre New England Patriots e Philadelphia Eagles. Casa do Minnesota Vikings, a arena é a segunda mais nova de toda NFL, inaugurada em 2016 após menos de três anos de construção.

Ela se destaca por ser completamente fechada e climatizada, embora passe a impressão de ser aberta. Isso porque sua cobertura e partes da lateral são compostas por vidros transparentes, detalhe arquitetônico que diferencia o estádio dos outros 31 da NFL.

Visto de dentro e de fora, ele passa uma sensação única, pois é iluminado naturalmente. É justamente por ser transparente e passar essa impressão de abertura com naturalidade que a arena é mortal – para pássaros.

Localizado na Mississippi Flyway, uma rota migratória de pássaros que vai do Canadá, passa pelo Golfo do México e chega às Américas Central e do Sul, o US Bank Stadium preocupa ambientalistas desde 2012, quando os primeiros documentos do projeto foram divulgados.

Adam Bettcher/Getty Images
Estádio é fechado, mas tem iluminação natural Imagem: Adam Bettcher/Getty Images

Na época, o Departamento de Recursos Naturais do Estado de Minnesota recomendou à Minnesota Sports Facilities Authority (MSFA), proprietária do estádio, a adaptar os planos de construção para um design que visasse reduzir a colisão de pássaros.

O motivo, como mostra um relatório da Audubon Society (entidade não-governamental de conservação da natureza) de 2017, é simples: aves não percebem a existência de vidros transparentes ou espelhados, o que causa choques frontais durante voos. Se árvores ou vegetação aparecem refletidos nas superfícies, então, o potencial de acidentes aumenta.

Com 1,62 milhões de metros quadrados construídos e 18,5 mil metros quadrados em superfícies de vidros espelhados, a casa dos Vikings é uma armadilha para as aves locais.

Em um levantamento feito durante o período migratório do outono do hemisfério norte, entre 14 de agosto e 7 de novembro de 2016, Audubon Society calculou 74 colisões com a estrutura do estádio, sendo que 60 delas resultaram em mortes – isso sem contar com corpos de pássaros removidos pelo staff do estádio, segurança e outras pessoas.

Comparativamente, os números registrados nos arredores do US Bank Stadium superam com folga o antigo prédio recordista de mortes de aves em Minneapolis, cuja média por período migratório foi de 42.

Dados os resultados do levantamento, a organização não-governamental sugeriu alterações, até o momento não acatadas pela MSFA. As modificações seriam um adendo nos custos totais do estádio, cuja construção precisou de US$ 1,1 bilhão para ser concluída ao longo de cerca de dois anos e meio.

E não é como se os Vikings ou a NFL bancassem toda a construção. Segundo uma notícia da "ESPN" americana em março de 2015, os custos foram divididos entre a franquia e o Estado de Minnesota, que arcou com quase US$ 500 milhões do orçamento. O time se encarregou de mais de US$ 550 milhões.

Apesar de o valor do estádio chamar a atenção, ele não é recordista na NFL. Este posto é ocupado pelo MetLife Stadium, casa dividida entre o New York Giants e o New York Jets que custou US$ 1,6 bilhão quando construído. Ainda estão na frente do US Bank Stadium o Mercedes-Benz Stadium (Atlanta Falcons), o AT&T Stadium (Dallas Cowboys) e o Levi's Stadium (San Francisco 49ers).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte