Topo

Esporte

Comparado a Messi, Brady se diz admirador de craque argentino

Hannah Foslien/Getty Images/AFP
Tom Brady participa do "media day" do Super Bowl Imagem: Hannah Foslien/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

31/01/2018 18h06

Apontado como o melhor jogador da história da NFL, o quarterback Tom Brady se prepara para lutar pelo seu sexto título do Super Bowl neste domingo (4). Na semana que antecede a decisão da liga de futebol americano, o destaque do New England Patriots foi comparado com o argentino Lionel Messi e se disse um admirador do jogador do Barcelona – e um fã de futebol.

“Eu amo Messi, acho que é um grande jogador. Sou um pouco mais velho que ele. Amo futebol, assisto futebol há muito tempo”, declarou Brady, em resposta a uma pergunta da imprensa argentina, que também pediu para o quarterback falar de Maradona. “Não sou tão velho a ponto de ter assistido Maradona. Isso é provavelmente de outras gerações”, desconversou.

Na descontraída bateria de perguntas da imprensa internacional realizada no começo da semana do Super Bowl, Brady também foi questionado sobre um incidente inusitado que ocorreu no último ano, quando os Patriots conquistaram o quinto título de sua história. Campeão, ele teve a camisa usada no jogo contra o Atlanta Falcons roubada.

Desta vez, ele não dará chance para o azar, em caso de vitória.

“Vou levá-la comigo, cara. Se vencermos. Se perdermos, vou jogá-la no lixo. Se vencermos, vou levá-la. Tomara que possamos vencer”, afirmou.

O New England Patriots de Tom Brady encara o Philadelphia Eagles no Super Bowl, que será disputado no US Bank Stadium, em Minneapolis. O confronto será transmitido a partir das 21h (de Brasília) pela “ESPN” e terá a artista Pink cantando o hino americano e Justin Timberlake encarregado do show do intervalo.

Mais Esporte