Topo

Esporte

Elas são irmãs, mas vão defender países diferentes nos Jogos de Inverno

AFP
Marissa (à esquerda) foi adotada ainda bebê pela família de Hannah (à direita) Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

09/02/2018 08h50

Marissa e Hannah cresceram juntas, eram inseparáveis até a adolescência, mas representarão diferentes países nos Jogos de Inverno. Marissa defenderá a Coreia do Sul, enquanto Hannah os Estados Unidos.

Nascida na Coreia, Marissa foi adotada por uma família norte-americana quando tinha quatro meses. Na época, os pais adotivos acreditavam que eram inférteis. Durante o processo de adoção, a mãe adotiva anunciou a surpresa: estava grávida de uma menina, que se chamaria Hannah.

Já adultas, Marissa e Hannah se tornaram jogadoras de hóquei. Marissa representará as cores da Coreia com seu nome registrado na Ásia: Park Yoon-Jung.

"Ela é minha melhor amiga e sempre faço o que puder para ela. Isso é importante para mim, é maravilhoso poder ver ela fazendo também o que gosta", disse Hannah ao “InsideNews”.

Sobre o retorno de Marissa para o país onde nasceu, Hannah descreveu: "As jogadoras ensinaram ela o idioma, a comida e a música. Ela conseguiu trazer isso de volta. A Marissa é muito orgulhosa de onde veio e isso é ótimo".

Neste retorno à Coreia, Marissa espera encontrar a mãe biológica. "Talvez ela assista", espera Marissa. "É apenas uma maneira dela ficar orgulhosa, mesmo não me conhecendo".

A participação da Coreia no hóquei está cercada de expectativa, já que o time feminina reunirá representantes do lado norte e do lado sul da península em uma tentativa de reaproximação das duas nações.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte