Topo

Esporte

Canadense recebe proteção após herdar medalha olímpica e sofrer ameaças

AFP PHOTO / Roberto SCHMIDT
Choi Minjeong foi desclassificada após colocar o braço na frente da canadense Kim Boutin. Irritada com decisão, parte da torcida sul-coreana ameaçou Boutin Imagem: AFP PHOTO / Roberto SCHMIDT

Do UOL, em São Paulo

14/02/2018 09h08

A canadense Kim Boutin recebeu proteção particular após receber ameaças nas redes sociais. Boutin competiu nos 500m dos jogos de Inverno, na modalidade patinação em velocidade no gelo, e herdou medalha de bronze.

Torcedores sul-coreanos ameaçaram Boutin por ter se envolvido na disputa que gerou a desclassificação da atleta Choi Min-Jeong, que era uma das favoritas ao ouro.

Min-Jeong foi flagrada empurrando Boutin em determinado momento da prova. A sul-coreana havia terminado os 500m em segundo lugar, mas foi eliminada após conferência da arbitragem. Com isso, Boutin ganhou a medalha de bronze. O ouro ficou com a italiana Arianna Fontana.

Com medo após ser ameaçada de morte, a competidora do Canadá encerrou suas contas nas redes sociais. O Comitê Olímpico Internacional emitiu comunicado pedindo para que o público respeite os atletas dos Jogos.

"Não podemos controlar as mídias sociais, mas o público deve respeitar os atletas", informou o porta-voz do COI, Mark Adams.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte