Topo

Esporte

Rádio demite apresentador que fez comentário sexual sobre campeã de 17 anos

reprodução
O radialista Patrick Connor fez comentários de cunho sexual sobre a atleta americana Chloe Kim, de 17 anos Imagem: reprodução

Do UOL, em São Paulo

15/02/2018 01h31

A campeã olímpica Chloe Kim tem apenas 17 anos, mas foi alvo de uma série de comentários de cunho sexual feitos por Patrick Connor na rádio Barstool. A emissora em questão manteve o vínculo com o radialista, mas outra na qual ele trabalhava anunciou sua demissão na noite desta quarta-feira (14).

A demissão foi confirmada à imprensa americana por meio de um comunicado oficial da Cumulus Media, empresa que coordena e comanda a rádio KNBR. Os representantes tomaram a decisão um dia depois de Connor se referir à atleta da seguinte maneira:

“Ela está gostosa demais! Se ela tivesse 18 anos, você não ficaria envergonhado de dizer que ela tem uma bunda gostosa (“hot piece of ass”, em inglês). Ela tem e é adorável. Eu sou um grande fã da Chloe Kim”, comentou o homem, antes de perguntar ao colega de transmissão se ele tomou uma “pílula para ereção”.

Apesar da represália da KNBR, Connor permanece empregado na rádio em que fez os comentários, a Barstool. Chloe se tornou medalhista olímpica na última terça-feira, nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, quando ganhou ouro na disputa do snowboard halfpipe. Ela é americana, mas filha de orgulhosos sul-coreanos.

Clive Rose/Getty Images
Filha de sul-coreanos, a americana Chloe Kim ganhou a medalha de ouro no snowboard halfpipe Imagem: Clive Rose/Getty Images

“Seu aniversário de 18 anos é no dia 23 de abril e a contagem regressiva está rolando, baby, porque meu Wooderson está ativo. É isso que eu gosto em meninas do ensino médio”, disse Connor. A menção ao personagem Wooderson não é obra do acaso, uma vez que ele se envolve com garotas mais jovens no filme “Jovens, loucos e rebeldes”, de 1993.

A repercussão negativa fez com que Patrick buscasse a retratação pública. “Eu quero pedir desculpas a Chloe Kim e ao pai dela. Eles não merecem meus comentários estúpidos, tolos e imaturos”, desculpou-se. No entanto, ironizou publicamente as reclamações feitas por uma das redatoras do site Deadspin.

“Na tentativa de fazer as pessoas rirem, eu falhei. Os meus comentários sobre a Chloe Kim foram mais que inapropriados: foram ruins e grosseiros. Eu sinto muito mesmo, Chloe. Você representou o nosso país tão brilhantemente. Eu peço desculpa aos meus colegas e ouvintes por ser um completo idiota”, escreveu, desta vez em um tweet.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte