Topo

Esporte


Torneio de videogame de NFL é interrompido por tiros nos Estados Unidos

Reprodução
Ataque a tiros foi registrado durante transmissão do evento Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo*

2018-08-26T15:58:54

2018-08-27T00:01:16

26/08/2018 15h58Atualizada em 27/08/2018 00h01

Um torneio de Madden 19 em Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos, foi palco de um ataque a tiros neste domingo (26). Segundo informações da NBC News, três pessoas morreram, incluindo o atirador, e pelo menos 11 foram feridas.

Em coletiva à imprensa, a polícia local descreveu o atirador como um homem branco, de 24 anos, natural da cidade de Baltimore, Maryland. Com base nestas informações, o canal Fox News, dos EUA, chegou ao nome de David Katz como possível identidade do suspeito. Katz chegou a competir em torneios de Madden no passado.

O ataque aconteceu durante um jogo entre os gamers Joe Rice e Eli Clayton. Nas imagens, é possível ver um ponto vermelho sobre Clayton - "aparentemente uma mira a laser", segundo o site Polygon.com. Na sequência, ouvem-se os tiros e a transmissão é encerrada.

Autoridades policiais de Jacksonville confirmaram no Twitter que um dos suspeitos pelos tiros foi morto no local. A Swat, força tática policial do EUA, foi escalada para realizar buscas na cidade em busca de suspeitos.

O site do jornal Los Angeles Times afirma que, segundo fontes na cena do atentado, o atirador era um competidor derrotado no evento de Jacksonville. Após os tiros, de acordo com a publicação, ele se suicidou.

Os disparos aconteceram durante um evento qualificatório de uma competição do game de futebol americano. A competição acontecia em um game bar chamado GLHF, localizado em uma área comercial conhecida como Jacksonville Landing. No Facebook, o estabelecimento anunciou que todos os funcionários estão bem.

Um dos participantes do torneio, de acordo com a CNN, era Drini Gjkoa. O gamer do torneio feriu uma das mãos na cena dos ataques, mas conseguiu escapar para um local seguro.

Em sua conta no Twitter, Drini se manifestou brevemente sobre o caso. "Eu literalmente tive muita sorte. A bala acertou meu dedão", relatou.

Várias pessoas foram encaminhadas para o hospital, informaram ainda os policiais locais. Poucos detalhes estão disponíveis por enquanto.

A TV local News4Jax informou que várias ambulâncias, assim como bombeiros e policiais, estavam no local, e as ruas estavam bloqueados em todo o centro da cidade.

Xerife confirma suspeito morto

Em entrevista coletiva no fim da tarde (16h30 no horário local, 17h30 no horário de Brasília), o xerife Mike Williams ofereceu informações oficiais sobre o caso. Segundo ele, as autoridades não trabalham no momento com a possibilidade de um segundo suspeito.

"Acabamos de retirar de (Jacksonville) Landing possíveis testemunhas e vítimas. Até este momento, não temos suspeitos presos, mas um deles, um homem branco, está morto na cena do crime, e estamos tentando identificá-lo", disse o xerife, que afirmou ter assistido o vídeo da transmissão e solicitou mais imagens que possam ajudar a avaliar a situação.

"Temos pessoas mortas na cena do crime e também outras feridas no hospital. Ainda não temos informações oficiais de quantas são", acrescentou.

* Com informações da Reuters

Mais Esporte