Topo

Esporte

Fisiculturista vice-campeã sul-americana é presa no Rio por narcotráfico

Reprodução/Facebook
Yara Silva, vice-campeã sul-americana de fisiculturismo Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em Santos (SP)

05/12/2018 09h52

Uma operação realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) - por meio da Promotoria de Justiça de Itaperuna - e pela Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (4) a fisiculturista Yara Silva, vice-campeã sul-americana da modalidade. Ela é acusada de auxiliar no tráfico de drogas em Itaperuna, região noroeste do estado.

A operação foi deflagrada para cumprir 47 mandados de prisão temporária determinados pela 2ª Vara de Itaperuna, como decorrência de pedido realizado pelo Ministério Público fluminense. Desse total, 15 já estavam custodiados no sistema penitenciário em razão de outros crimes, faltando o efetivo cumprimento de 32 mandados.

Foram cumpridos 25 mandados, incluindo o da fisiculturista Uyara Maria Ferreira da Silva. Ela foi presa no Rio de Janeiro e levada à 143ª DP de Itaperuna, onde prestou esclarecimentos e, posteriormente, foi encaminhada ao Presídio Feminino de Campos.

A operação é a continuidade da Operação Gólgota, realizada em 2014, e teve início em interceptações telefônicas autorizadas pelo Poder Judiciário em 2016. Após análise das interceptações e aprofundamento das investigações, foram identificadas 47 pessoas ligadas ao tráfico local, supostamente integrantes da facção Comando Vermelho, sob a liderança de Celso Mizael Dias, vulgo "Tão".

Durante a investigação, foi constatado que a então companheira de Tão, Uyara Maria Ferreira da Silva, estaria auxiliando o traficante na gestão da organização, transmitindo informações para os gerentes do tráfico da organização criminosa e auxiliando na arrecadação dos valores auferidos pelo negócio ilícito.

Constatou-se que ela emprestava sua conta para depósitos de valores decorrentes da venda de entorpecentes.  Tão e Gabriel Mizael da Costa, vulgo "Cinquenta", braço direito de Tão, não foram encontrados e são considerados foragidos.

Yara Silva tem mais de 70 mil seguidores em um de seus perfis no Instagram e mostra nas fotos a rotina das competições de fisiculturismo, além de tratar as mudanças no corpo.

Mais Esporte